CONCERTOS

Mozarteum Brasileiro anuncia atrações da temporada 2015

O primeiro espetáculo ocorre em 13 de abril com a Russian State Symphony Orchestra

Por: Meriane Morselli

Russian State Philharmonic
Russian State Philharmonic, a primeira atração da temporada 2015 (Foto: Divulgação)

Sete atrações internacionais participarão da temporada 2015 do Mozarteum Brasileiro. A primeira formação convidada é a Russian State Symphony Orchestra, que se exibe na Sala São Paulo nos dias 13 e 14 de abril. Pouco antes, o grupo se apresenta no Auditório Oscar Niemeyer, no Parque do Ibirapuera, nos dias 11 e 12 de graça. Michail Jurowski será o regente.

+ Os shows mais esperados de 2015

Completam a lista de atrações a Austro-Hungarian Haydn Philharmonic (maio), L’Orchestre de Pau e Chorakamedie Lübeck (junho), Anna Caterina Antonacci e Maciej Pikulski (agosto), Gershwin Piano Quartet e Junge Philharmonie Wien (outubro).

Para quem já é assinante, as renovações estarão disponíveis a partir de 27 de outubro. Os pacotes vão custar de 1 050 reais a 1 780 reais. Novos assinantes podem contar com o serviço a partir de 8 de dezembro, de 1 150 reais a 1 950 reais.

Confira a programação completa:

Russian State Symphony Orchestra (Michail Jurowski, regente, e Alexander Buzlov, violoncelo)

  • 11 de abril - matinê para crianças no Auditório Ibirapuera
  • 12 de abril - ao ar livre no Auditório Ibirapuera
  • 13 e 14 de abril - Sala São Paulo

Austro-Hungarian Haydn Philharmonic (Alexander Lonquich, regência e piano)

  • 12 e 13 de maio - Sala São Paulo

 L’Orchestre de Pau (Fayçal Karoui, regente, Saténik Khourdoian, violino)

  • 2 e 3 de junho - Sala São Paulo 

Chorakamedie Lübeck (Rolf Beck, regente)

  • 23 e 24 de junho - Sala São Paulo

Anna Caterina Antonacci (soprano) e Maciej Pikulski (piano)

  • 3 e 5 de agosto - Sala São Paulo

Gershwin Piano Quartet

  • 6 e 7 de outubro - Sala São Paulo

Junge Philharmonie Wien (Michael Lessky, regente, Albena Danailova, violino, Lavinia Dames, soprano)

  • 26 e 27 de outubro - Sala São Paulo 

Fonte: VEJA SÃO PAULO