Cidade

Motorista que invadiu aeroporto queria chamar a atenção, diz ex-namorada

Em depoimento à polícia, mulher afirma que relacionamento havia chegado ao fim duas semanas antes do caso

Por: Ana Luiza Cardoso - Atualizado em

Área de embarque do Aeroporto de Guarulhos
Sala de embarque do Terminal 3 de Cumbica (Foto: Mario Rodrigues)

No último sábado (18), um motorista causou alvoroço ao invadir o saguão do Terminal 3 do Aeroporto Internacional de Guarulhos (Cumbica). Ricardo Cosme Souza entrou devagar pelo portão de entrada e estacionou seu carro, um Palio cinza, em frente a Pizza Hut.

+ Funcionário do Aeroporto de Cumbica é preso por roubo de malas

Na lanchonete estaria o motivo para a atitude do rapaz. Ali trabalha sua ex-namorada, cujo nome não foi relevado. Em depoimento à polícia, ela afirmou que Souza queria chamar sua atenção. O relacionamento, de apenas dois meses, havia chegado ao fim uma semana antes. 

A reportagem de VEJA SÃO PAULO não conseguiu contato com Souza nem com a garota. De acordo com os colegas de trabalho, ela não quer comentar o caso para evitar exposição.   

A assessoria do aeroporto informou que registrou o caso, mas que não dará seguimento no processo. Souza dirigia em baixa velocidade. Não houve danos nem feridos. A Polícia Civil, no entanto, instaurou inquérito para apurar o caso. O motorista pode responder por direção perigosa e, se for condenado, a punição varia de seis meses a um ano de prisão.  

“Precisamos descobrir se o motorista teve um mal súbito ou fez de propósito”, disse o delegado Marcelo Ferrari. De acordo com a polícia, ao entrar no saguão, o motorista estava “aparentemente desmaiado”, mas após alguns instantes, destravou a porta do carro, recebeu socorro e foi levado para o Hospital Geral de Guarulhos. O veículo foi removido do local e apreendido pela Polícia Militar.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO