Trânsito

Motorista enfrenta lentidão nas principais estradas que cortam o estado

Por: Estadão Conteúdo - Atualizado em

imigrantes
Imagem da Rodovia dos Imigrantes, divulgada às 15:36 de sábado (6), pelas câmeras da concessionária Ecovias, mostra trecho de lentidão na altura do Planalto, sentido litoral (Foto: Reprodução/Ecovias)

Quem decidiu deixar a capital neste Carnaval e escolheu a manhã de sábado (6) para viajar rumo ao litoral ou ao interior de São Paulo enfrenta pontos de lentidão por quase todas as estradas. De modo geral, o trânsito acontece pelo excesso de veículos. Na Via Dutra, próximo a São José dos Campos, a lentidão é reflexo de um acidente no sentido Rio de Janeiro, segundo a concessionária Nova Dutra.

+ Veja as últimas notícias

Há outros pontos de lentidão Dutra, mas provocados pelo excesso de veículos em circulação. A maioria, nas pistas com destino ao estado fluminense. O motorista reduz a velocidade na altura de Caçapava, Seropédica e Belford Roxo.

Na Fernão Dias, rodovia federal que liga São Paulo a Belo Horizonte, a lentidão está entre os quilômetros 66 ao 58 e do 52 ao 41. A Regis Bittencourt (BR-116) apresenta lentidão no sentido do Paraná em Miracatu e Serra do Cafezal.

Litoral

As condições mais críticas de transito estão no sentido litoral sul. Apesar da operação descida adotada pela concessionária Ecovias, com as duas pistas da Anchieta e a pista sul da Imigrantes reservadas à descida para a baixada, o motorista para no trecho de serra, entre os quilômetros 46 ao 56. Já na região litorânea, os carros reduzem a velocidade dos quilômetros 283 ao 292 da Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, no sentido da Praia Grande.

+ Acompanhe a cobertura ao vivo do Carnaval 2016

Interior

As rodovias estaduais que levam ao interior paulista também oferecem dificuldades de tráfego ao motorista desde as primeiras horas deste sábado de carnaval. Pela Anhanguera, há dois pontos de lentidão no sentido interior; um em Jundiaí e outro em Vinhedo, onde estão sendo feitas obras emergenciais para a construção de uma ponte. Neste trecho, a circulação de veículos é feita por apenas uma pista.

Na Bandeirantes, o excesso de veículos que deixam a capital provoca lentidão nas proximidades de Caieiras, Cajamar e Franco da Rocha.

A Viaoeste informa que a Castello Branco tem tráfego lento do quilômetro 22 ao 24, na altura de Barueri na pista marginal e do 33 ao 35, na pista expressa em Itapevi. Na Raposo Tavares, o motorista reduz a velocidade na altura de Vargem Grande. Passado este trecho, a trânsito passa a fluir com tranquilidade.

Fonte: VEJA SÃO PAULO