Cidade

Motorista é detido em protesto na USP

Manifestação na Rua Alvarenga aconteceu na manhã desta sexta-feira (6)

Por: VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

protesto-usp
O motorista foi abordado por policiais e levado por uma viatura (Foto: Danilo Verpa/Folhapress)

Um motorista foi detido na manhã desta sexta-feira (6) por tentar furar o bloqueio de uma manifestação de estudantes e trabalhadores da Universidade de São Paulo, que ocorria na Rua Alvarenga, Butantã. Ele foi encaminhado ao 51º Distrito Policial (Rio Pequeno) por desobedecer aos policiais e também responde por lesão corporal a um manifestante, segundo a Polícia Militar.

+ Suplicy tira foto e dá autógrafo em sua primeira aula na USP

Imagens mostraram o momento em que o homem passou pelos manifestantes com o veículo, foi abordado por policiais e levado por uma viatura. De acordo com a SPTrans, os ônibus que circularam no horário da manifestação precisaram desviar a rota pelo portão 3, mas não houve redução das linhas e a operação foi normalizada por volta das 8h30.

De acordo com a Polícia Militar, o protesto teve início às 6h e contou com a participação de cerca de cinquenta pessoas. O ato foi realizado pela Central Sindical e Popular (CSP-Conlutas), com apoio da União Geral dos Trabalhadores (UGT), em "resposta imediata aos ataques promovidos recentemente pelo governo Dilma Rousseff", segundo o site da entidade.

+ Confira as ultimas notícias

O movimento critica a atuação do governo federal diante da "crise econômica que se agrava". A manifestação teve apoio do Sindicato dos Trabalhadores da USP (Sintusp), que convocou servidores da instituição e estudantes desde às 6h, para protestar também contra as demissões na universidade (Estadão Conteúdo).

Fonte: VEJA SÃO PAULO