Criminalidade

Assaltante que foi filmado e baleado continua no hospital

Motoqueiro tinha uma câmera acoplada ao capacete e filmou toda a ação

Por: Redação VEJASÃOPAULO.COM

assaltante baleado
(Foto: Reprodução)

O jovem de 18 anos que foi baleado depois de tentar roubar uma moto continua internado no Hospital Municipal do Tatuapé, Zona Leste da capital. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, ele passou por uma cirurgia e seu estado de saúde é estável.

+ Motoqueiro assaltado registra vídeo com ladrão sendo baleado por PM

+ Confira o vídeo do assalto

Leonardo Escarante Santos estava com outro adolescente em uma moto quando deram voz de assalto ao vigilante Anderson Magai, de 35 anos, que tinha uma câmera acoplada ao capacete.  O vigilante entregou a moto, mas um policial de 45 anos, cujo nome não foi divulgado pela PM, atirou contra os assaltantes, atingindo Leonardo. O outro jovem fugiu sem levar nada.

No vídeo é possível ver o momento em que a vítima do assalto agradece ao policial com o bandido ainda no chão. "Obrigado, polícia. Agora vai roubar no inferno. Minha moto você não vai levar não”, diz o cinegrafista.

assalto2
(Foto: Reprodução)

O bandido baleado diz, então: "Vou morrer, vou morrer, está doendo demais". Uma viatura que passava pelo local para e presta atendimento, enquanto a vítima afirma: "Você não pode morrer não, tem que apanhar muito ainda. Sabe quanto eu trabalhei para pagar essa moto?".

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, o procedimento da PM é o de atirar ao ser ameaçada. E, nesse caso, os tiros podem ser dados no que chamam de região do "garrafão", que envolve parte do tórax e abaixo da cintura.

Fonte: VEJA SÃO PAULO