Crianças

Artistas brasileiros e argentinos dividem o palco no Sesc Pompeia

Mostra de Música Infantil Brasil-Argentina começa na quinta (3) e conta com a presença de Hélio Ziskind

Por: Clara Nobre de Camargo

Helio Ziskind e banda - 2241 - 44
Hélio Ziskind (centro) e banda: repertório traz novas músicas e sucessos de 'Cocoricó' (Foto: Pedro Abreu)

Vez ou outra, algum evento junta no mesmo palco músicos da América Latina — um dos festivais mais famosos é o TelefônicaSonidos, que em agosto ocupou o Jockey Club com dezenove atrações. No universo das crianças, os encontros são raros, daí o interesse pela Mostra de Música Infantil Brasil-Argentina, que toma o Teatro do Sesc Pompeia a partir de quinta (3).

+ O melhor da semana para crianças

+ Músicas de Heitor Villa-Lobos em espetáculo para os pequenos

Canticuénticos - 2241 - 44
Canticuénticos: melodias e manipulação de bonecos (Foto: Divulgação)

Na primeira noite, a argentina Coqui Dutto entoa canções de ninar tradicionais de países vizinhos ao som de violão e percussão, enquanto o cantor carioca Paulo Bi apresenta poemas de José Paulo Paes musicados. Os maiorzinhos vão preferir a sexta (4), quando os Canticuénticos dão vida a bonecos para “narrar” uma história cantada. Em seguida, têm vez as palmas, batidas do pé e estalos de dedos do grupo paulistano de percussão corporal Batucantante.

Raúl Manfredini - 2241 - 44
Raúl Manfredini: canções traduzidas para o português (Foto: Divulgação)

O conjunto mineiro Serelepe agita o sábado (5) com brincadeiras e cantigas. Na sequência, Raúl Manfredini toca violão, piano e charango ao lado de Márcio Coelho e Ana Favaretto (dupla por trás do CD "Curuminzada" ). Conhecido pela trilha do programa "Cocoricó", o compositor Hélio Ziskind, acompanhado de sua banda, anima o domingo (6) com faixas do CD "O Elefante e a Joaninha", além de velhos sucessos. Depois, o grupo Los Tinguiritas canta temas populares da Argentina. Em tempo: parte das músicas em espanhol foi traduzida para o português.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO