Arte

Mostra de Frida Kahlo bate recorde de público no Tomie Ohtake

Encerrada no último domingo (10), a exposição atraiu 600 000 visitantes

Por: Veja São Paulo

Frida Kahlo
Retrato por do húngaro Nickolas Murray, um dos amantes de Frida (Foto: Nikolas Muray)

A exposição de Frida Kahlo no Instituto Tomie Ohtake fechou no último domingo (10) com número estimado de 600 000 visitantes, recorde de público do museu. A mostra ficou quase três meses e meio em cartaz e ultrapassou a retrospectiva de Salvador Dalí, que recebeu 537 000 pessoas. Esta última, porém, ficou um mês a menos em cartaz - entre outubro de 2014 e janeiro de 2015.

Frida Kahlo
A artista produziu diversos autorretratos, alguns dos quais foram exibidos na mostra (Foto: courtesy of the Gelman Collection_©2015 Banco de México Diego Rivera & Frida Kahlo Museums)

Frida Kahlo - Conexões entre Mulheres Surrealistas do México reuniu um total de 100 obras da mexicana e de outras dezesseis artistas conterrâneas influenciadas por ela. Com curadoria da também mexicana Teresa Arcq, apresentou a fundo a vida e a obra de Frida, por meio de telas, desenhos, páginas de diários, vídeos e objetos. 

+ Saiba tudo o que foi apresentado na mostra

Picasso e a Modernidade Espanhola
Mostra de Picasso é a próxima atração do museu, prometida para maio (Foto: Coleção do Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía, Madrid © Succession Pablo Picasso / AUTVIS, Brasil, 2015.)

A próxima grande atração do museu está prometida para maio, quando será inaugurada a mostra do mestre espanhol Pablo Picasso.

+ O que vem por aí: exposições em 2016

Salvador Dalí - Instituto Tomie Ohtake
Tela apresentada na mostra de Salvador Dalí, a segunda mais visitada do Instituto (Foto: Divulgação)

Veja abaixo a lista das dez mostras de maior visitação na história do instituto:

1. Frida Kahlo - Conexões entre Mulheres Surrealistas do México, entre setembro de 2015 e janeiro de 2016: 600 000 visitantes

2. Salvador Dalí, entre outubro de 2014 e janeiro de 2015: 537 000 visitantes

3. Yayoi Kusama: Obsessão Infinita, entre maio e julho de 2014: 522 000 visitantes

4. Joan Miró – A Força da Matéria, entre maio e agosto de 2015: 397 000 visitantes

5. Tomie Ohtake - Gesto e Razão Geométrica, entre novembro de 2013 e março de 2014: 108 000 visitantes

6.  O(s) Cinético(s), entre novembro de 2007 e fevereiro de 2008:  80 000 visitantes

7.  Gaudí: A Procura da Forma, entre junho e julho de 2004: 80 000 visitantes

8.  Sonhando de Olhos Abertos - O Dadaísmo e o Surrealismo na Coleção de Vera e  Arturo Schwarz, entre setembro e novembro de 2004: 80 000 visitantes

9.  Louise Bourgeois: O Retorno do Desejo Proibido, entre julho e agosto de 2011: 80 000 visitantes

10. Steve Mccurry – Alma Revelada, entre novembro de 2011 e janeiro de 2012: 66 000 visitantes

 

 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO