Notícias

A morte de Oberdan Cattani e outros destaques do fim de semana

A alta do cantor Sérgio Reis do hospital e as medidas da prefeitura para evitar o caos no trânsito na segunda-feira também ganharam repercussão na mídia

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM

Oberdan Cattani
Oberdan Cattani, ex-goleiro do Palmeiras (Foto: Divulgação/Palmeiras)

O fim de semana começou em luto na capital. Na noite de sexta-feira (20), faleceu o ex-goleiro do Palmeiras Oberdan Cattani, aos 95 anos. O ex-jogador estava internado há dez dias no Hospital do Servidor Público e morreu em decorrência de uma infecção pulmonar. Um dos principais goleiros do time, Cattani fez parte da equipe quando o clube ainda se chamava Palestra Itália. Ele era o único remanescente da época. Até o fim do mês, o Palmeiras afirmou que vai confeccionar um busto em homenagem ao trabalho do atleta. 

Na madrugada de sábado (21), cerca de 400 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) ocuparam um terreno na região de Vila Praia, no Morumbi. Segundo o líder do movimento, Guilherme Buolos, o local, que seria de posse do poder público, estaria vazio há mais de trinta anos. Este é o quarto endereço invadido pelo MTST na capital - há ocupações do grupo também na Nova Palestina, no M’Boi Mirim, na Faixa de Gaza, em Paraisópolis e na Copa do Povo, em Itaquera.

Após seis dias internado, o cantor sertanejo Sérgio Reis recebeu alta do hospital Albert Einstein na manhã de sábado (21). Na semana passada, o músico se sentiu mal antes de uma apresentação em São Carlos, no interior, e foi diagnosticado com uma taquiarritmia (quando o coração bate de maneira muito acelerada).

Sérgio Reis
O sertanejo Sérgio Reis (Foto: Divulgação)

Foi encontrado na noite de sábado o carro do policial militar Rodrigo Fonseca, que está desaparecido desde sexta-feira (20). O veículo, um Citröen C3, foi localizado em um córrego em Suzano, na Grande São Paulo. A  equipe de mergulhadores do Corpo de Bombeiros segue fazendo buscas atrás do PM.

Para evitar o caos no trânsito nesta segunda-feira (23), a prefeitura adotou algumas alternativas para facilitar a saída dos paulistanos do trabalho antes dos jogos entre Chile e Holanda, às 13h, na Arena Corinthians, Brasil e Camarões, às 17h, em Brasília. Entre as medidas, o rodízio de carros será ampliado das 7h até às 20h e a lotação da Fan Fest será reduzida para 25 000 pessoas.

Quem pretende assistir ao jogo do Brasil nesta segunda-feira (23) na Vila Madalena, deve ficar atento ao esquema montado pela CET: a partir das 13h, nove ruas serão fechadas para garantir a segurança dos pedestres, que têm lotado as vias do bairro em dias de partida da Copa do Mundo. Apenas os veículos de moradores da região serão liberados. O bloqueio será mantido até o fluxo de pessoas diminuir.

Clique a seguir para ler as notícias na íntegra:

 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO