Cinema

Morreu nesta quinta (2) o cineasta português Manoel de Oliveira

Ele tinha 106 anos e sofreu uma parada cardíaca

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Cineasta Manoel de Oliveira
Manoel de Oliveira: um dos mais velhos diretores a seguir produzindo (Foto: Ana Rojas/Folhapress)

Faleceu nesta quinta (2) por causa de uma parada cardíaca o cineasta português Manoel de Oliveira, aos 106 anos. Era um dos mais velhos diretores a continuar produzindo. Foi responsável por mais de sessenta filmes, entre longas e curtas, como Os Canibais (1988), A Divina Comédia (1991), Vale Abraão (1993) e A Carta (1999).

+ Confira os filmes em cartaz na cidade

Em 2008, recebeu a Palma de Ouro pelo conjunto da obra. Reconhecido na Europa, trabalhou durante sua longa trajetória com atores como John Malkovich, Catherine Deneuve e Marcello Mastroiannii. Ele mesmo atuou em fitas a exemplo de Lisbon Story (1994), de Wim Wenders.

Suas últimas produções foram O Velho do Restelo e Chafariz da Virtude, do ano passado.

Oliveira foi homeageado diversas vezes em eventos da área na cidade, como a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Em 2013, por exemplo, ganhou uma exposição no Instituto Tomie Ohtake.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Fonte: VEJA SÃO PAULO