Luto

Morre Paulo de Tharso, da companhia de teatro de Mário Bortolloto

Corpo foi velado no Teatro e Bar Cemitério de Automóveis

Por: Redação VEJINHA.COM - Atualizado em

Paulo de Tharso em cena do ensaio de 'Borrasca'
O ator durante os ensaios de 'Borrasca': corpo foi encontrado na terça (14/5), em apartamento no Centro (Foto: Gisela Schogel)

Morreu o ator Paulo de Tharso, 52, integrante da Cia Cemitério de Automóveis, liderada por Mário Bortolloto. O corpo foi encontrado em sua casa, no Centro, na noite de terça (14). A causa da morte não foi divulgada.

+ Mais sobre Teatro

O ator, que também era músico, participou dos ensaios de Borrasca, montagem da companhia atualmente em cartaz no Teatro e Bar Cemitério de Automóveis, mas não chegou a se apresentar.  O corpo foi enterrado na quarta (15), no Cemitério Gethsemani, no Morumbi.

Inicialmente, o ator seria cremado, mas devido às circunstâncias da morte, a polícia solicitou que os restos mortais estejam disponíveis para perícia durante os próximos meses. A família ainda pretende realizar a cremação, conforme desejo de Paulo.

Entre os trabalhos realizados pelo ator junto a Bortolloto, diretor da Cia Cemitério de Automóveis, estão os espetáculos Música para Ninar Dinossauros e Medusa de Ray Ban. Como músico, tocou nas bandas A Casa Caiu e Big Balls e compôs com Fernando Carvalho, Jorge Mautner, Nelson Brito e outros.

O ator Gabriel Pinheiro, que integra o elenco de Borrasca escreveu sobre o colega no Facebook: "Me lembro de chegar no camarim para fazer Medusa e encontrar o Paulo de peruca loira passando batom. Ele vira pra mim, pensa um pouco, sorri e manda: 'O legal do teatro é que todo dia é Carnaval'!!" A temporada do espetáculo está mantida.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO