Memória

Morre David Libeskind, arquiteto do Conjunto Nacional

Ele tinha 85 anos e sofria de mal de Parkinson. Seu corpo foi enterrado nesta manhã no Cemitério Israelita do Butantã

Por: Redação VEJASÃOPAULO.COM - Atualizado em

Conjunto Nacional 55 anos
Conjunto Nacional, na Avenida Paulista: projeto levou a assinatura de David Libeskind (Foto: Daniel Cymbalista / Pulsar)

O arquiteto David Libeskind, responsável entre outros projetos pelo Conjunto Nacional, morreu nesta quarta-feira (9) aos 85 anos. Libeskind sofria de mal de Parkinson e foi enterrado na manhã desta quinta (10) no Cemitério Israelita do Butantã, Zona Oeste de São Paulo.

Natural de Ponta Grossa, no Paraná, ele se mudou ainda pequeno para Belo Horizonte, em Minas Gerais. Na capital mineira estudou na Escola Parque com o pintor Guignard e foi aluno de Sylvio Vasconcellos na Escola de Arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Recém-formado, Libeskind se transfeiru para São Paulo, onde em 1954, com apenas 26 anos, foi escolhido pelo empresário Jose Tijurs para fazer o projeto do Conjunto Nacional.

 + Conjunto Nacional completa 55 anos

Na época, Tijurs realizou um concurso para a elaboração do projeto, que teve a participação de diversos arquitetos. Além de jovem, David Libeskind era recém-formado e quase desconhecido. Há seis anos, na época do 50º aniversário do Conjunto Nacional, lembrou-se de quando foi chamado para fazer a obra. "Ele me recebeu em seu escritório, no Anexo do Hotel Excelsior, na Avenida Ipiranga, e logo começou a me chamar de ‘menino’ por causa da minha idade. Ele explicou que pretendia construir um hotel e um centro comercial para exposições de indústrias em um grande terreno na Avenida Paulista e me pediu para apresentar um estudo em uma semana."

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO