Criminalidade

Morre bebê de 5 meses atingida por paulada durante briga de vizinhos

Lorenna Cordeiro Thimóteo não resisitiu à agressão sofrida na última terça-feira (6). Suspeito está foragido

Por: Veja São Paulo

Lorenna Thimóteo
Lorenna Cordeiro Thimóteo: bebê de 5 meses morta após ser atingida por paulada (Foto: Reprodução/EPTV)

Após ser agredida com uma paulada na cabeça, na última terça-feira (6), durante briga de vizinhos no município de Barrinha, a 337 quilômetros da capital paulista, a bebê Lorenna Cordeiro Thimóteo, de cinco meses, morreu na tarde de sábado (10). Ela estava internada no setor de emergência do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto.

Mulher morre após ser jogada de carro em movimento

A menina foi agredida em uma briga entre vizinhos. O agressor, o pintor Sérgio Rossin, foi à casa da ex-mulher Daiane Gomes, vizinha da família da menina. Ao chegar ao local, Rossin pegou um pedaço de pau no porta-malas do carro e partiu para cima de um adolescente de 16 anos, tio de Lorenna. Vizinhos afirmam que o pintor desconfiava que o rapaz estava tendo um caso com sua ex-mulher.

Segurando a bebê no colo, Flávia Thimóteo tentou impedir a agressão e foi atingida no braço. Um dos golpes acertou a cabeça da menina. Nesse momento, o pintor entrou no carro e fugiu. Vizinhos prestaram socorreram a bebê e a levaram para o Pronto-Atendimento do Hospital de Barrinha. Como o estado dela era grave, a menina foi transferida para o Hospital das Clínicas, onde morreu na tarde de sábado.

+ Confira as últimas notícias

Em entrevista ao Jornal EPTV, da Rede Globo, o avô da criança, Ismael Timóteo fez um desabafo pedindo paz. “Está difícil viver dessa forma. Precisamos de paz.” Heldo Aparecido Cordeiro, pai da menina, pediu justiça. “Espero que ele seja preso.”

O pintor continua foragido e teve a prisão preventiva decretada pela Justiça de Sertãozinho.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO