Música

Moderninhos lotam o Beco 203 para ver The Kills

Alison Mosshart e Jamie Hince se apresentaram nesta quarta (26) e também farão show hoje, com ingressos já esgotados

Por: Catarina Cicarelli - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Bastam duas pessoas no palco para fazer um show. Foi isso que o The Kills mostrou na noite desta quarta (26) ao iniciar sua turnê pelo Brasil no Beco 203, onde a banda se apresenta novamente hoje, com ingressos esgotados. Na capital paulista, o duo é a atração principal da oitava edição do festival Popload Gig, promovido pelo jornalista Lucio Ribeiro. A abertura do primeiro dia de apresentações ficou por conta da banda brasiliense Lucy & The Popsonics.

+ Veja a galeria com fotos do show

+ Pequeno calendário de festivais independentes de rock

+ Saiba o que vai rolar no Planeta Terra

+ Tudo sobre o SWU

Com pontualidade, a dupla formada pela americana Alison Mosshart e pelo inglês Jamie Hince começou o show às 23h30 e tocou por uma hora e quinze minutos. Não havia músicos de apoio. Apenas Alison cantando e Hince na guitarra, acompanhando-a nos vocais. A batida ficou por conta de uma bateria eletrônica.

A apresentação faz parte da turnê que divulga o CD "Blood Pressures", que foi lançado em abril. A banda não gravava discos desde 2008, quando lançou "Midnight Boom", devido a uma pausa para que Alison pudesse tocar com o Dead Weather, grupo com o ex-integrante do White Stripes, Jack White.

O White Stripes, aliás, foi considerado uma referência quando o The Kills começou a tocar, em 2003, por ambos serem formados por um homem e uma mulher. Mas Alison prova no palco que é uma figura bem mais forte do que a baterista Meg White, parceira de Jack. Ela se entrega às músicas com empolgação, chegando a derrubar o pedestal do microfone diversas vezes por causa de seus trejeitos, e ainda toca guitarra, teclado e bateria ao longo do show. Cantando, parece um animal selvagem, jogando seu cabelo de lá para cá.

Já Hince, que em agosto se casou com a top model Kate Moss, empolga-se mesmo com os riffs de guitarra, aquelas repetições de notas ao longo da música. Em certos momentos, ele se deixa levar pelas mãos do público, que ansiava para tocar no ídolo. Sua voz, grave e sussurada, dá um tom sexy às músicas.

The Kills
Alisson Mosshart e Jamie Hince: empolgação com os riffs de guitarra (Foto: Adriano Conter)

O público de moderninhos que encheu o Beco 203 começou a noite um pouco morno, mas bastou que Hince desse um show de solos para que a animação tomasse conta do local. Durante "Black Balloon", um grupo de fãs que se espremeu na beirada do palco levou o nome da música ao pé da letra e começou a balançar bexigas pretas. Mas as interações com o plateia não foram muitas: apenas alguns agradecimentos e um brinde proposto por Hince. Ao longo da noite, no entanto, eles se mostraram surpresos com a reação das pessoas às músicas e saíram do palco comovidos com a recepção que tiveram dos fãs paulistanos.

A dupla já veio ao país em 2005. Além dos shows em São Paulo, eles tocam no Rio de Janeiro, na sexta (29), graças a uma iniciativa do Queremos, um site de crowdfunding em que os internautas adquirirem ingressos para bancar a vinda de bandas.

Fonte: VEJA SÃO PAULO