Celebridades

“Se tivesse que virar modelo, viraria”, diz Livian Aragão

Caçula de Renato Aragão entrou para elenco de famosos representados pela agência Ford

Por: Alvaro Leme - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Lembre-se de você aos 12 anos de idade. Agora, imagine-se dando entrevista sobre sua carreira, coisa que só começa a existir na vida da maioria das pessoas bem depois dessa faixa etária. Isso explica o jeito um tanto encabulado de Livian Aragão ao responder as perguntas abaixo.

+ Agências de modelos: saiba como funcionam os testes de admissão

+ Modelos criam agência que dispensa contrato de fidelidade

Caçula do humorista Renato Aragão, o Didi, ela acaba de entrar para o elenco de famosos representados pela Ford Brasil. Como o nome costuma ser prontamente associado ao mundo fashion, logo se começou a comentar que a menina havia virado modelo — principalmente depois da divulgação das fotos que fez para o material de divulgação da agência. Ela explica a história a seguir.

VEJA SÃO PAULO — Surgiu um papo na internet de que você havia virado modelo. É isso mesmo?

Livian Aragão — Na verdade, entrei para a Ford TV, um departamento da Ford que vai cuidar dos meus trabalhos de atuação, comerciais... Mas a gente está fazendo de tudo um pouco. É uma mistura. Várias atrizes também trabalham como modelo.

VEJA SÃO PAULO — Você apostaria numa carreira de modelo?

Livian Aragão — Não sei. Porque gosto muito de atuar. Mas, se fosse para virar modelo, viraria. Adoro tirar fotos. Gostei de fazer essas da Ford, por exemplo.

VEJA SÃO PAULO — Desfilaria na São Paulo Fashion Week?

Livian Aragão — Acho que sim. Mas não sei se tenho toda a experiência para isso.

VEJA SÃO PAULO — Muitas meninas da sua idade se sentem inseguras quanto ao visual. Você se considera bonita?

Livian Aragão — Não sei, é difícil me julgar. Não mudaria nada em mim. Gosto do que sou. Agora, se as outras pessoas não gostam...

VEJA SÃO PAULO — Você se acha parecida com sua mãe ou com seu pai?

Livian Aragão — Uma mistura: acho que a aparência da minha mãe e a personalidade do meu pai. É meio maluco isso.

VEJA SÃO PAULO — Que mulher famosa você considera a mais bonita?

Livian Aragão — Gisele Bündchen e Anne Hathaway.

VEJA SÃO PAULO — E homem?

Livian Aragão — Taylor Lautner.

Livian Aragão
Aos 12 anos: Livian não dispensa possibilidade de ser modelo e sonha em fazer novela | Crédito: Divulgação

VEJA SÃO PAULO — Filhas de famosos como Wanessa Camargo e Sandy sofreram um pouco para provar que se destacam devido ao próprio talento. Isso acontece com você?

Livian Aragão — Como acompanho meu pai desde pequena, as pessoas hoje já me reconhecem como Livian Aragão, e não como “a filha do Renato Aragão”.

VEJA SÃO PAULO — Mas as pessoas têm preconceito com você por isso?

Livian Aragão — Muitas, sim. Muitas, não.

VEJA SÃO PAULO — Lê o que escrevem sobre você?

Livian Aragão — Sempre. É importante estar por dentro.

VEJA SÃO PAULO — E o que acha das críticas negativas?

Livian Aragão — Às vezes vejo algumas coisas e me pergunto: “Será que escreveram isso de mim por inveja?”. Aí converso com minha mãe ou meu pai. Eles me apoiam e me explicam tudo.

VEJA SÃO PAULO — Já leu algo que te deixou chateada?

Livian Aragão — Bastante. Mas já passou.

VEJA SÃO PAULO — Como se divide entre os horários de trabalho e de estudo?

Livian Aragão — É meio complicado, mas dá sempre certo. Estudo sete horas por dia, nunca repeti de ano nem fiquei de recuperação.

VEJA SÃO PAULO — Você e Sasha sempre aparecem juntas em revistas. São amigas ou rivais?

Livian Aragão — Amigas, amigas, mesmo. A gente está sempre junta, sai, se encontra. É muito legal.

VEJA SÃO PAULO — Pensa em você como criança, adolescente ou adulta?

Livian Aragão — Ixi! É... Pré-adolescente.

VEJA SÃO PAULO — Seu pai já falou que você só vai poder namorar quando fizer 18 anos ou coisa parecida?

Livian Aragão — Não. Ele é uma pessoa muito legal. Posso dividir segredos e tudo com ele.

VEJA SÃO PAULO — O que quer ser quando crescer?

Livian Aragão — Atriz, com certeza. De tudo: cinema, teatro e televisão. Sempre quis fazer novela, mas eu e meu pai achamos que é melhor dar uma crescida primeiro. Vou ganhando experiência e, na hora certa, faço novela.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO