Restaurantes

Miyabi muda-se do subsolo do Top Center para o 1º piso

Comida clássica destoa no salão moderno assinado pelo arquiteto Ruy Ohtake

Por: Arnaldo Lorençato - Atualizado em

Miyabi_2169
Nabeyaki udon, cozido oriental tem preço variado no almoço e no jantar (Foto: Mário Rodrigues)

Dedicado à culinária tradicional japonesa, o Miyabi foi aberto quase duas décadas atrás no subsolo do Shopping Top Center, na Avenida Paulista. Um ano depois, deu um salto de qualidade com a chegada do chef Massanobu Haraguchi. O cozinheiro, vindo de Osaka para trabalhar originalmente no Suntory (hoje, Shintori), é especialista em receitas quentes. Tanto que só em 2002 os sushis foram incorporados ao cardápio. No ano passado, o restaurante fechou e só voltou a funcionar agora, em abril, junto à nova praça de alimentação do shopping. Tornou-se uma espécie de estranho no ninho de apressados de bandeja na mão. Além disso, sua comida clássica pouco combina com o salão moderno assinado pelo arquiteto Ruy Ohtake.

Miyabi_2169
Pirarucu na grelha: temperado com missô (Foto: Mário Rodrigues)

Há sugestões tão simples quanto encantadoras, como o agedofu (R$ 20,00), o tofu empanado em maisena e frito. Depois dessa entrada, prove o pirarucu temperado no missô (pasta de soja salgada; R$ 35,00) e grelhado. Outra ótima opção, o nabeyaki udon é um cozido à base de caldo de peixe misturado a shoyus claro e escuro, alga kombu e cogumelo shiitake seco. Nele, mergulham-se macarrão udon fresco trazido congelado do Japão, cogumelos, massa de peixe, cebolinha, frango, ovo e, por cima, um tempura de camarão. Custa R$ 35,00 no almoço e R$ 36,00 no jantar. Para quem não resiste aos sushis, as pedidas são as unidades de toro (barriga gorda do atum; R$ 10,00) e engawa (carne extraída junto à nadadeira do linguado; R$ 8,00).

Acompanham a refeição saquês, entre eles o Nama Azuma Kirin (R$ 55,00 a garrafa). Se preferir um vinho, leve a garrafa de casa, pois não há carta. De sobremesa, escolhe-se entre uma fruta e um sorvete de chá-verde coberto de doce de feijão (R$ 9,00 cada um).

COMIDA ✪✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | SERVIÇO ✪✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO