Crianças

Minichefs e Kinderplay oferecem cursos inovadores

Aulas de culinária em um espaço com equipamentos exclusivos para a garotada e ensinar inglês numa brinquedoteca são as apostas

Por: Clara Nobre de Camargo - Atualizado em

Minichefs aula de culinária 2220
As bancadas do Minichefs: adequadas à altura dos alunos (Foto: Divulgação)

Minichefs

Aulas de culinária voltadas para a meninada normalmente ocorrem no período de férias e em espaços adaptados que também recebem adultos. Com estrutura criada para o público mirim, a escola Minichefs, na Vila Olímpia, tem inauguração programada para segunda (6) e funcionará o ano inteiro. Crianças de 4 a 12 anos aprendem a cozinhar em turmas separadas por idade, longe do fogão e das facas pontudas.

Dirigido por Andréa França, o iluminado salão tem 120 metros quadrados, possui uma mini-horta e balcões baixinhos, proporcionais à altura dos aprendizes. Pode-se escolher entre encontros avulsos de duas horas e o curso completo, de dois meses de duração.

Entram no roteiro de receitas pães, bolos, milk-shake, temperos, pratos típicos juninos e pizza. Ao lado de quatro ajudantes, a chef Ludmyla Ramos coloca a pedida do dia em uma grande lousa, explica as qualidades nutricionais e a origem de cada preparo. Depois, basta pôr a mão na massa. No fim da aula, todos experimentam o que foi preparado.

Kinderplay 

Kinderplay 2220
Jogos e brincadeiras no Kinderplay: monitores orientam as atividades em inglês (Foto: Divulgação)

Unir arte, música e leitura para ensinar inglês é a proposta da Kinderplay, uma brinquedoteca voltada para crianças de até 10 anos. Depois de viver algum tempo nos Estados Unidos, a proprietária Daniela Grinberg idealizou o espaço, aberto em março na Vila Madalena. O projeto tem como objetivo tornar o primeiro contato com o idioma o mais interessante possível. “Eles interagem com os colegas e aprendem melhor brincando”, diz Daniela.

Há três ambientes: o art room, um ateliê para trabalhos artísticos; o romper room, onde são feitas dinâmicas em grupo com música e dança; e o fantasy room, a sala na qual a meninada escolhe entre brincar de fazer compras, montar uma peça de teatro e ouvir histórias. Os monitores dão orientações na língua estrangeira e incentivam a comunicação, sem proibir o português. Há ainda jogos de tabuleiro e brinquedos. O programa dura duas horas e também oferece sessões para mães e bebês.

Fonte: VEJA SÃO PAULO