Automobilismo

Câmera pode ter causado lesão no cérebro de Schumacher

A afirmação é do jornalista especializado em automobilismo Jean Louis Moncet; o heptacampeão da Fórmula 1 sofreu um acidente em uma estação de esqui em dezembro de 2013

Por: VEJA SÃO PAULO

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Uma câmera instalada no capacete pode ter sido responsável pela lesão no cérebro sofrida pelo heptacampeão da Fórmula 1, Michael Schumacher, em uma estação de esqui em Meribel, nos Alpes Franceses, em 29 dezembro de 2013. A versão foi apresentada pelo jornalista francês especializado em automobilismo, Jean Louis Moncet, em entrevista para o Canal + da rádio francesa Europe 1.

+ Salão do Automóvel chega à 28ª edição

“O problema de Michael não foi a batida, mas a câmera GoPro em seu capacete que feriu o seu cérebro”, disse Moncet. Médicos e a porta-voz do ex-piloto nunca cogitaram essa possibilidade para a imprensa, apesar de terem informados sobre a existência do equipamento, que se partiu durante a queda.

Após 254 dias, Schumacher deixou o hospital onde estava internado em Lausanne, na Suíça, no dia 9 de setembro deste ano. O ex-piloto agora segue o tratamento em sua casa.

+ Confira o que acontece agora na cidade

Schumacher tem 45 anos e se aposentou das pistas de corrida em 2012. Ao longo de dezenove anos de carreira, ele vestiu o macacão das equipes Jordan, Benetton, Ferrari e Mercedes.

Fonte: VEJA SÃO PAULO