Cidade

Empréstimo de bicicletas é suspenso em dez estações do metrô

O serviço que foi reinaugurado há pouco menos de um mês apresentava falhas; estacionamento está disponível nas estações Pinheiros e Butantã

Por: Redação VEJINHA.COM - Atualizado em

Bicicletários
Bicicletários: atividades interrompidas (Foto: Divulgação)

O Metrô suspendeu nesta sexta (2) o serviço de estacionamento e empréstimo de bicicletas em dez estações. A medida atinge as estações Sé, Liberdade, Paraíso, Tamanduateí, Vila Madalena, Corinthians/Itaquera, Guilhermina/Esperança, Carrão, Brás e Santa Cecília.

+ Bicicletários são reinaugurados com problemas

Em nota divulgada na internet, foi informado que a empresa FGTV Produções, responsável pelo serviço nessas estações, decidiu paralisar o atendimento. "A Companhia do Metropolitano lamenta a descontinuidade do serviço e, por sua vez, tomará as medidas necessárias no âmbito administrativo", explica o comunicado.

No primeiro dia de funcionamento, em 5 de julho, a reportagem de VEJASAOPAULO.COM.BR esteve em três locais, bem requisitados pelo público, nas estações de metrô Sé, LIberdade e Paraíso, e registou falhas em relação ao sistema de cadastro para novos usuários, além de poucas bicicletas disponíveis e até mesmo algumas "herdadas" do antigo sistema de aluguel, que chegou a disponibilizar equipamentos quebrados aos usuários.

O novo projeto previa a instalação de equipamentos para ajudar os ciclistas, como caixas de ferramentas, bomba de encher pneu, remendo e cola para pneus furados e bebedouros. Até o momento, nenhum ítem foi instalado nas estações.

Os bicicletários anexos às estações Pinheiros e Butantã, da Linha 4-Amarela, que são operados por outra empresa continuam oferecendo o serviço de estacionamento de bikes.

Fonte: VEJA SÃO PAULO