Memória

Metal Trintão: festival celebra o aniversário do SP Metal

Shows com bandas que fizeram parte da coletânea histórica acontecem na Zona Leste

Por: Maurício Xavier [colaborou Juliene Moretti]

salário mínimo
A banda Salário Mínimo, nos anos 80: uma das integrantes do álbum (Foto: Luizinho Coruja)

Entre 1983 e 1985, no último domingo de cada mês, bandas de metal paulistanas como Korzus, Salário Mínimo e Vírus realizavam shows gratuitos na chamada Praça do Rock, um palco em formato de concha acústica no meio do Parque da Aclimação, na Zona Sul.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

+ Os melhores lugares para comprar vinil

Dono da lendária loja de discos Baratos Afins, pioneira da Galeria do Rock, no centro, Luiz Calanca gravava as apresentações em fitas cassete e distribuía o material a músicos e fãs do gênero. “Eu sabia que o momento precisava ser registrado”,conta. Na época, a intenção do empresário era produzir um álbum para cada grupo.

+ Paulistano tem coleção de "milhões" de vinis, destaca NYT

baratos afins
A loja Baratos Afns, pioneira na Galeria do Rock:o quartel-general do projeto (Foto: Renato dos Anjos)

Sem dinheiro, acabou lançando uma coletânea com as melhores faixas, por um selo criado especificamente para o projeto, o SP Metal. No total, foram prensados cerca de 8 000 vinis. “A expectativa era que ela tivesse a qualidade de um Metallica, mas os equipamentos eram muito ruins”, lembra Calanca. Neste fim de semana, bandas originais vão comemorar os trinta anos da iniciativa com shows no Sesc Belenzinho,na Zona Leste — no sábado (25), às 21 horas.

Sesc Belenzinho. Rua Padre Adelino, 1000, Belém, inf.: 2076-9700.

Fonte: VEJA SÃO PAULO