MEMÓRIA

Mestre da percussão, Naná Vasconcelos morre aos 71 anos

Músico estava internado desde 29 de fevereiro e faleceu em decorrência de complicações de um câncer no pulmão

Por: Veja São Paulo

Naná Vasconcelos
O músico Naná Vasconcelos, vítima de câncer (Foto: Pablo Kennedy/Futura Press/Folhapress)

O músico Naná Vasconcelos, um dos mais renomados percussionistas do país, morreu na manhã desta quarta (9) ao 71. Ele havia sido internado no dia 29 de fevereiro após um mal súbito sofrido durante apresentação em Salvador. De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, ele sofria de um câncer no pulmão, descoberto em agosto do ano passado.

Ao descobrir a doença, após uma viagem ao Rio de Janeiro, Naná chegou a ficar internado vinte dias. “Foi tudo muito rápido e pegou todo mundo de surpresa”, disse ele na ocasião. “Havia feito uma revisão menos de dois meses e nada havai sido encontrado.”

+ Confira as últimas notícias

Nascido no Recife, em 2 de agosto de 1944, Juvenal de Holanda Vasconcelos, dedicou-se à música desde os 12 anos. Um dos maiores percussionistas do país, tornou-se mundialmente famosos e foi o único brasileiro a conquistar oito prêmios no Grammy, o Oscar da indústria musical.

O último disco de Naná foi Sinfonia & Batuques, lançado em 2010. O músico deixa duas filhas, Jasmim Azul e Luz Morena.

Fonte: VEJA SÃO PAULO