Passeio

Caricaturas de jogadores da seleção brasileira invadem o Mercadão

Exposição gratuita fica em cartaz até o fim de fevereiro; público pode votar nas imagens preferidas e ajudar a "escalar" o time ideal

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Até 28 de fevereiro, o Mercado Municipal abriga a exposição Seleção Brasileira de Todos os Tempos, que reúne caricaturas de atletas e técnicos de futebol que se destacaram nas copas ao longo da história.

+ Saiba outros passeios com entrada gratuita na cidade

Os visitantes encontram 33 painéis ilustrados, todos em totens com 1,60 metro recortados em formas humanas. As gravuras, feitas por Dodô Oliveira, homenageiam nomes que deixaram boas recordações para a seleção canarinho. Entre os destaques estão Pelé, Nilton Santos, Tostão, Zico, Cafu, Dunga, Ronaldo e Romário, Zagallo, Telê Santana e Luiz Felipe Scolari.

Exposição Seleção Brasileira de Todos os Tempos
Caricatura de Ronaldo (Foto: Dodô Vieira)

Os visitantes têm também participação fundamental no projeto. Durante o passeio, é possível votar nas melhores imagens e fazer a escalação da sua seleção ideal. Sâo três jogadores para cada posição. No fim da mostra, em junho, as 11 caricaturas mais votadas formarão uma seleção que ficará exposta no Sesc Carmo.

Frequentadores podem interagir com dois painéis de fotos e entrar em cenas de grandes momentos do futebol. Ainda é possível posar com um desenho da cobiçada taça de campeão do mundo. A exposição deve passar também pela Estação Brás da CPTM, entre 11 de março e 11 de abril.

Depois de conferir a exposição, a dica é aproveitar para comer os famosos quitutes do Mercadão como o lanche de mortadela e o pastel de bacalhau. Para ajudar os leitores, mapeamos as barracas mais bacanas distribuídas ao longo dos seus 12 600 metros quadrados.

Serviço:

Onde: Mezanino – Mercado Municipal Paulistano

Endereço: Rua da Cantareira, 306, Centro

Horário: segunda a domingo, das 10h às 16h

Preço: gratuita

Fonte: VEJA SÃO PAULO