Especiais

Menu degustação - comer e beber de tudo um pouco

Por: Priscila Zuini - Atualizado em

Menu degustação - comer e beber de tudo um pouco
(Foto: Veja São Paulo)

Em alguns restaurantes da cidade, o menu degustação virou estrela. Nesse sistema, o cliente experimenta, em uma só refeição, diversos pratos em porções menores do que as habituais. Em geral, as receitas são especialidades do chef – uma amostra do melhor que a casa tem a oferecer, por isso, o preço costuma ser salgado. Confira as sugestões.

  • Aizomê: receitas variam diariamente

    Atualizado em: 7.Dez.2010

    Três opções de menu degustação - a mais completa sai por 150 reais
    Saiba mais
  • Amadeus: camarão é o tema

    Atualizado em: 7.Dez.2010

    São cinco opções além da sobremesa
    Saiba mais
  • D.O.M.: menu com criatividade

    Atualizado em: 7.Dez.2010

    São duas opções e os pratos sempre vão dos mais leves aos mais complexos
    Saiba mais
  • Eñe traz menu surpresa

    Atualizado em: 7.Dez.2010

    Chef decide na hora o que cliente vai comer
    Saiba mais
  • Kinoshita serve até nove pratos

    Atualizado em: 7.Dez.2010

    O destaque fica para os minicogumelos com quiabo
    Saiba mais
  • O menu degustação sai por 195 reais por pessoa
    Saiba mais
  • A cozinha é comandada por Raphael Durand Despirite
    Saiba mais
  • As frituras são o grande destaque
    Saiba mais
  • Escolha entre seis entradas, cinco pratos principais, um acompanhamento e uma sobremesa
    Saiba mais
  • Pirarucu grelhado com tucupi guarnecido de minilegumes é destaque
    Saiba mais
  • Japoneses

    Aizomê

    Alameda Fernão Cardim, 39, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3251 5157

    VejaSP
    2 avaliações

    Este que já foi um dos endereços mais premiados de sua categoria se ressente um pouco da ausência do chef e sócio Shinya Koike, o Shin. Mestre em receitas que juntam Oriente e Ocidente, ele já não permanece no balcão ou na cozinha com a mesma frequência do passado. Para preparar as sugestões frias, destacou quatro sushimen, que se revezam em duplas. São eles que expedem sashimi, em cinco unidades, que pode ser o pargo com um toque de conserva de yuzu (R$ 28,00) ou o chu toro (atum meio gordo com preço do dia), este em fatias bem pequenas. Feita com um toque agridoce, a língua bovina vem em lâminas grossas e macias (R$ 27,00). Dos pares de sushis, vale investir nos peixes frescos, sempre muito bons, como o carapau (R$ 17,00) e o olhete (R$ 22,00), com frequência gordo e de textura sedosa. Não produz o mesmo entusiasmo o uni (ouriço; R$ 30,00). Um curioso sorvete de missô com figo e biscoito sembei de aveia (R$ 20,00) dá o ponto final. Há ainda dois menus degustação, um a R$ 180,00 e o outro a R$ 210,00.

    Preços checados em 5 de agosto de 2015.

    Saiba mais
  • Franceses

    Marcel

    Rua Da Consolação, 3555, Cerqueira César

    Tel: (11) 3064 3089

    VejaSP
    3 avaliações

    A casa cinquentona pertence a uma mesma família de origem francesa desde o fim dos anos 60. Originalmente confeiteiro, o chef Jean Durand conseguiu tornar famoso o bistrô com uma seleção de suflês — era uma sugestão rara nos cardápios da época. Até hoje, versões como a de queijo gruyère (R$ 49,00) e de chocolate (R$ 30,00) são as estrelas do menu. Responsável pela cozinha, o neto Raphael Durand Despirite continua a fazer com brilho a receita legada pelo avô. Também criou os próprios pratos, entre eles o polvo cozido lentamente em azeite ao pesto com discos dourados de batatas e ervas (R$ 98,00). Uma das melhores formas de saborear um dos clássicos de bistrô preparados por Despirite é o menu completo intitulado prix fixe. Custa R$ 75,00.

    Preços checados em 19 de agosto de 2015.

    Saiba mais
  • Japoneses

    Tempura Ten

    Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 2050, Bela Vista

    Tel: (11) 99622 3582

    VejaSP
    2 avaliações

    O ritual se repete todas as noites. Atrás do balcão, o proprietário Masaomi Imai prepara alguns dos tempurás mais incríveis da cidade. Presa aos mais variados ingredientes, a teia de farinha crocante e fina como um véu deixa um rastro de saudade no paladar. Para apreciar o banquete é necessário fazer reserva e pagar R$ 120,00 pela refeição completa, no formato de uma degustação. Conforme vão sendo fritos, dona Tiyoko, mulher de Imai, entrega um a um esses mimos gastronômicos. Vão chegando à mesa aspargo verde, polvo, camarão, peixe branco, creme de palmito na folha de shissô e kakiaguê (legumes em tirinhas). O menu se completa com salada, arroz, sopa e picles. Também é possível pedir sashimi de peixe do dia a partir de R$ 25,00. No almoço de segunda a sexta, Makoto, filho dos donos, faz milanesas de lombo, frango, peixe e camarão (R$ 35,00 a R$ 50,00 cada uma), além de arroz ao curry, o karê raissu.

    Preços checados em 15 de julho de 2015.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Tordesilhas

    Alameda Tietê, 489, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3107 7444

    VejaSP
    9 avaliações

    Poucos cozinheiros na cidade levam a culinária nacional tão a sério quanto Mara Salles. A chef faz um mergulho profundo nas raízes do Brasil para construir seu cardápio, resultado de um trabalho exemplar. Além de apresentar clássicos como a feijoada (R$ 75,00, só no almoço de sábado) e a moqueca capixaba (R$ 79,00), também lança de tempos em tempos as próprias criações. Uma das mais recentes, a carne de sol é cortada em bife e preparada na manteiga de garrafa com vinagrete de maxixe e cubinhos de tomate mais mandioquinha e cebola (R$ 62,00). Uma farofinha crocante acompanha. Saborosa, a casquinha é feita de siri trazido de Ilhéus e servida numa cuia indígena (R$ 20,00 a unidade). Quer um pouco de doçura? Vá de pavê de chocolate com café e cristais de pimenta-de-cheiro na companhia de compota de cupuaçu (R$ 23,00).  

    Preços checados em 24 de junho de 2015.

    Saiba mais
  • Peixes e frutos do mar

    Amadeus

    Rua Haddock Lobo, 807, Cerqueira César

    Tel: (11) 3061 2859 ou (11) 3088 1792

    VejaSP
    6 avaliações

    É notável como a chef Bella Masano apresenta arrojadas receitas de sua criação ao mesmo tempo em que preserva os clássicos do cardápio introduzidos por seus pais, Ana e Tadeu Masano. Convivem em perfeita harmonia receitas como a moderna e estimulante ostra fresca (de criação própria, no litoral de Santa Catarina) com vinagrete de melancia mais cubinhos de bacon. Custa R$ 26,00 a porção com quatro unidades. O tradicional cuscuz de camarão sai por R$ 36,00. Esses pratos também podem ser saboreados em diferentes degustações, a mais antiga delas dedicada apenas ao camarão (R$ 225,00).

    Preços checados em 22 de julho de 2015.

    Saiba mais
  • Espanhóis

    Eñe

    Rua Doutor Mário Ferraz, 213, Jardim Paulistano

    1 avaliação
  • Japoneses

    Kinoshita

    Rua Jacques Félix, 405, Vila Nova Conceição

    Tel: (11) 3849 6940

    VejaSP
    2 avaliações

    Além de elaborar sushis com arroz de primeira qualidade e tempero na medida, o chef e sócio Tsuyoshi Murakami está sempre em busca de lançar receitas preparadas no fogão. Especialidade fria, o delicioso maguro onsen tamagô (R$ 40,00) reúne cubos de atum com ovo de gema cremosa cozido em baixa temperatura. Outra pedida, o tonkatsu don (R$ 65,00) tem a forma de uma pancetta empanada ao molho teriyaki com gema de ovo. Faz um dos melhores almoços executivos da cidade. A versão que custa R$ 55,00 inclui um trio de sushis e pratos do dia como as tiras de gado wagyu salteadas com um ótimo chuchu firme e adocicado.

    Preços checados em 5 de agosto de 2015.

     

    Saiba mais
  • Franceses

    La Brasserie Erick Jacquin

    Rua Pedroso Alvarenga, 1088, Itaim Bibi

    Tel: (11) 3826 5409

    11 avaliações

    Erick Jacquin se tornou um personagem de si mesmo no mundo da cozinha. Não tem travas na língua, gosta de uma dose de uísque e parece cada vez mais rechonchudo (“Estou com 129 quilos. Tinha 130”, brinca). Essa exuberância se repete em suas receitas, mas de modo inverso. As sugestões elaboradas por ele mostram-se cada vez mais delicadas, de uma finesse surpreendente. Conta pontos para esse trabalho primoroso a direção segura de uma equipe afinada. Impossível não se render às suas versões de foie gras — não há chef no país que faça melhor. Frio e incrivelmente sedoso, o fígado de pato (R$ 78,00) vem com uma fruta na forma de entrada. Mas não se assuste se na descrição do cardápio estiver escrito figo e, de repente, aparecer uma pera. Jacquin é assim mesmo: muda sem avisar. O foie gras surge ainda numa sugestão modernizada do filé à rossini. No lugar da carne, vai um atum quase cru coberto por um naco da iguaria, tostada por fora e cremosa por dentro. Custa R$ 95,00. Da terra, há a paleta de cordeiro assada durante seis horas ao molho de vinho do Porto e servida na companhia de favas verdes e grão-de-bico (R$ 89,00). Jacquin, que se intitula o pai do petit gâteau, prepara uma degustação de sobremesas que inclui o bolinho de chocolate, creme brûlé, torrone gelado, fingers de chocolate no açúcar mascavo e sopa de frutas vermelhas, além de sorvete. Sai a R$ 48,00 e dá para duas pessoas.

    Preços checados em setembro/outubro de 2013.

    Saiba mais
  • Tailandeses

    Thai Gardens

    Avenida Nove De Julho, 5871, Jardim Paulista

    Sem avaliação

Fonte: VEJA SÃO PAULO