SAÚDE

Exames de Tancrède apresentam resultados positivos

David Arzel disse que menino segue se recuperando; ele pode voltar para casa no fim de agosto

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Tancrede Bouveret
Tancrède Bouveret: exames apresentaram resultados positivos (Foto: Reprodução/Facebook)

O norte-americano Tancrède Bouveret, de 11 anos, recebeu mais uma importante notícia neste sábado (15).  O transplante de medula óssea realizado no Hospital Albert Einstein apresentou resultados positivos.  O pai, David Arzel, disse que o rapaz deve receber alta até o fim do mês, se a recuperação continuar evoluindo. 

Menino com leucemia vira Batman por um dia em São Francisco

O transplante foi realizado no dia 28 de julho. No hospital, Tancrède toma muitos remédios preventivos, como antifúngicos, antibióticos e antivirais.

De acordo com Arzel, o menino ainda não poderá frequentar a escola. O prazo para estabilizar plenamente o sistema imunológico é de um ano após o transplante. "Temos que ter muito cuidado com todo tipo de doença, com vírus, gripe, pois pode virar uma pneumonia e ele teria que voltar para o hospital."

Menino Tancrède
Tancrède segue em recuperação: foto divulgada pelo pai do menino neste sábado (15) (Foto: Reprodução/Facebook)

HISTÓRICO

Nascido na Califórnia e morando no Brasil há seis anos, o menino de 11 anos foi diagnosticado com síndrome mielodisplásica, sendo o transplante o único tratamento possível para salvá-lo. Com dificuldade para encontrar um doador compatível, seus pais, Luc Bouveret e David Arzel, deram início a uma campanha nacional que emocionou os brasileiros. A mobilização deu resultado e um doador foi encontrado em junho.

Menino Tancrède passa bem após transplante

A doença afeta  produção e o tempo de vida das células sanguíneas, deixando o corpo com baixa imunidade. Por isso, o garoto não podia sair do quarto do hospital nem para procurar tratamento fora do Brasil, pois ficaria ainda mais exposto a doenças e bactérias. Sua rotina incluía três transfusões de sangue por semana e ingestão de muitos remédios fortes. 

+ Confira as principais notícias da cidade

O garotinho conquistou fãs famosos no Brasil: o jogador do Barcelona Neymar, Isabella Fioretino e a presidente Dilma Rousseff endossaram a campanha para encontrar um doador compatível com Tancrède. Após a campanha, o hemocentro da Santa Casa, em São Paulo, disparou dos doze candidatos habituais para 1 200 voluntários em apenas um dia. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO