Baladas

As melhores pistas da Virada Cultural

Evento reúne em oito palcos craques dos toca-discos de estilos variados, como black music, eletrônico, funk carioca, rock e dubstep

Por: Carolina Giovanelli - Atualizado em

Mau Mau - Cio - Lions
Mau Mau: (Foto: Divulgação)

Confira as dicas abaixo:

+ Tudo sobre a Virada Cultural 2013

Mau Mau

O DJ paulistano é uma das principais atrações da megabalada que rola no Largo São Francisco. Ele põe fogo na plateia com sua mistura eletrônica às 2h da manhã de domingo (19). Brilham nessa data ainda o alemão Thomas Haferlach, fundador da festa Voodoohop, às 5h, o curitibano Boss in Drama, às 6h, o duo Killer on the Dancefloor, às 8h, o DJ Zegon, às 14h, e Michel Saad, sócio da Disco, às 15h.

Largo São Francisco, ① Sé.

Anderson Noise
Anderson Noise: tecno na Virada Cultural (Foto: Alexandre Battibugli)

Anderson Noise

O mineiro pode ser considerado um dinossauro dos pick-ups. Conhecido pelas discotecagens eletrizantes focadas no tecno, Noise esquenta a noitada de sábado (18), a partir das 20h, também no disputado Largo São Francisco. Antes dele, às 18h, o experiente Paulo Boghosian, com set dedicado ao house, entra em cena. Du Serena, figurinha conhecida dos clubes paulistanos, toca às 23h.

Largo São Francisco, ① Sé.

DJ Marlboro
DJ Marlboro: funk na Virada Cultural (Foto: Edgard de Souza)

Marlboro

Astro do funk carioca com mais de trinta anos de carreira, o DJ fecha a programação do palco da Praça Alfredo Issa. A partir das 17h do domingo (19), ele comanda um baile regado a remixes. Antes de sua exibição, o pancadão conta com a presença de artistas do gênero, muitos deles influenciados pelo próprio Marlboro. O MC Boy do Charmes, por exemplo, apresenta-se no sábado (18), às 23h.

Praça Alfredo Issa, ① Luz.

Fonte: VEJA SÃO PAULO