moda de viola

Veja roteiro com as melhores baladas sertanejas da cidade

Tire o chapéu para as festas que estão movimentando São Paulo

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Villa Country_capa 2187 vale este
Villa Country: dias de balada movimentados (Foto: Fernando Moraes)

Quem sabe fazer o "lê, lê, lê" ou é "doce, doce, doce como um caramelo", já sabe onde encontrar amigos para soltar o gogó com o gênero que ocupa cada vez mais espaço na noite paulistana. Mas se você não está familiarizado com esses versos, Veja SP lista algumas baladas onde é possível ouvir e dançar outros hits direto do interior. Confira os horários e locais para curtir sertanejo ao longo da semana.

Sábado

Villa Mix
Villa Mix: casa engrossa a concorrência de baladas sertanejas (Foto: Raul Zito)

Dia mais quente e agitado para o mundo country em São Paulo. Cinco casas disputam a preferência dos fãs do estilo musical. O Villa Country, na Barra Funda, se destaca pela grandeza. São 12.000 metros quadrados, com lounge, restaurate e duas pistas - com a possibilidade de abertura de mais um ambiente que abriga outros 5.000 baladeiros. O sábado também esquenta no Villa Mix, casa comandada pela dupla goiana Jorge e Mateus, que costuma receber jogadores de futebol adeptos do gênero, como Neymar.

Domingo

Villa Country
Villa Country: burburinho em frente a casa (Foto: Cida Souza)

No domingo, não são todos os lugares na cidade que arriscam abrir suas portas. No entanto, o público fiel e devidamente uniformizado com suas camisas xadrez faz fila para entrar no Villa Country e curtir a domingueira, com 10 duplas que se revezam no palco para cantar o melhor do sertanejo até às 6h da manhã.

Segunda

Páreo difícil para quem pode dormir até mais tarde no dia seguinte de feriado: Villa Mix e Wood's entram na disputa. As duas casas, localizadas no Itaim, atraem meninas e rapazes bem produzidos. Originalmente de Curitiba, a Wood's parece ter acertado em cheio o gosto do paulistano e abriu mais uma filial, no Guarujá.

Quarta

Wood's
Wood's: baladeiros de plantão, mas sem chapéu (Foto: Divulgação)

Meninas de minissaia e salto alto e rapazes que em nada lembram caipiras ensaiam alguns passinhos ao som de duplas que tocam os sucessos do sertanejo, como "Camaro Amarelo", de Munhoz e Mariano, ou "Lê, lê, lê", de João Neto e Frederico, na Wood's. São nesses momentos que o público canta em coro e a paquera rola solta.

Quinta

São às quintas-feiras que o Villa Country ferve. Normalmente, este é o dia da semana que a casa usa para apresentar grandes shows como os de Gusttavo Lima ou da dupla Jorge e Mateus. Além das atrações, o público ensaia seus passos ao som da Villa Country Band.

outlaws
Outlaws: o agito da balada sertaneja (Foto: Divulgação)

Sexta

Entra na disputa pelo público a casa do cantor Luan Santana e do empresário Marcus Buaiz, o Outlaws, na Rua Augusta. Aberta desde setembro, a balada tem chamado atenção e atraído um público neófito no mundo sertanejo, não necessariamente fã do estilo musical. Um dica? Não use botas ou chapéu quando passar por lá. Já a Villaneja, aberta em agosto na Moóca, oferece camarotes individuais, bistrô e a pista em que o público dança ao som de duplas ou do residente DJ Rodryguinho.

Fonte: VEJA SÃO PAULO