Futebol

Média de público do Brasileirão é menor que a do campeonato chinês

Com 14 951 pessoas por partida, a Série A nacional perde até para a segunda divisão alemã

Por: Mauricio Xavier - Atualizado em

Você conhece o "clássico" chinês Dalian Shide x Shaanxi Chanba? Provavelmente não, mas é bem possível que ele atraia mais interesse que os jogos do seu time. De acordo com um levantamento da Pluri Consultoria, o campeonato nacional do país asiático recebe mais público que o Brasileirão.

Na média, 18 571 pessoas vão ao estádio nos jogos da primeira divisão da China, o que a torna a 10ª liga do mundo neste quesito. O Brasil, com 14 951 por partida, é apenas o 15º, atrás de outras "potências" no esporte como Estados Unidos, Japão e Turquia, além de ganhar por pouco da Austrália (14 294).

O líder na estatística é o Campeonato Alemão que, também neste caso, anda aplicando sonoras goleadas no Brasil. A Bundesliga teve média de 43 173 pessoas por jogo na última temporada, o que representa praticamente 100% do espaço disponível nas arenas locais.

Até a segunda divisão do atual campeão mundial faz mais sucesso que a nossa Série A, com média de 17 491 pessoas por confronto. Segundo a pesquisa, os estádios brasileiros atingem apenas 39% de sua capacidade.

Abaixo, a lista dos vinte primeiros do ranking:

1º) Alemanha - 43 173

2º) Inglaterra - 36 589

3º) Espanha - 26 867

4º) Itália - 23 365

5º) México - 22 939

6º) França - 20 693

7º) Argentina - 20 599

8º) Holanda - 19 289

9º) Estados Unidos - 18 743

10º) China - 18 571

11º) Alemanha (segunda divisão) - 17 491

12º) Japão - 17 160

13º) Inglaterra (segunda divisão) - 16 438

14º) Turquia - 15 014

15º) Brasil - 14 951

16º) Austrália - 14 294

17º) Bélgica - 11 836

18º) Rússia - 11 797

19º) Ucrânia - 10 930

20º) Suíça - 10 722

Fonte: VEJA SÃO PAULO