Luto

Mauricio Torres, apresentador da Record e ex-Globo, morre aos 43 anos

Jornalista estava internado no Hospital Sírio-Libanês desde o início de maio e teve falência múltipla de órgãos

Por: Redação VEJASÃOPAULO.COM - Atualizado em

mauriciotorres
O apresentador da Record tinha 43 anos (Foto: Reprodução)

Morreu neste sábado (31) o apresentador e locutor Mauricio Torres, de 43 anos, que trabalhava na Record. Ele estava internado desde o dia 1º de maio no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, depois que passou mal durante em voo que vinha do Rio de Janeiro à capital paulista. Foi constatado que Mauricio sofria de arritmia cardíaca, mas o que agravou seu quadro foi a descoberta de uma infecção. De acordo com o boletim médico, sua morte foi causada por falência múltipla de órgãos decorrente do quadro infeccioso.

O velório será a partir das 11 horas deste domingo (1º) no Cemitério São João Batista, no Rio de Janeiro. O enterro está marcado para as 16 horas. 

Trajetória profissional

Mauricio foi narrador da Rádio Globo na década de 90. Em 1996, começou a carreira televisiva na Rede Globo, onde participou de programas esportivos e narrou importantes competições, como a Copa do Mundo de Futebol na França, em 1998, e as Olimpíadas de Atenas, em 2004.

Em 2005, Mauricio trocou a emissora pela Rede Record. Lá ele apresentava o programa Esporte Fantástico.

A Record publicou uma nota lamentando a morte de Torres. “O Brasil perde um dos principais jornalistas esportivos do país e um dos mais promissores talentos de sua geração”. 

Mauricio deixa esposa e uma filha de 8 anos.

+ Detalhes exclusivos do Templo de Salomão, nova sede da Igreja Universal

+ Confira a repercussão da morte do jornalista no Twitter

Fonte: VEJA SÃO PAULO