POLÍTICA

Para disputar prefeitura, Andrea Matarazzo anuncia filiação ao PSD

Expectativa é que vereador seja lançado candidato pelo ex-prefeito Gilberto Kassab

Por: Estadão Conteúdo - Atualizado em

Andrea Matarazzo
Andrea Matarazzo: após deixar o partido, flerte com PV e PSD (Foto: Cida Souza)

O vereador Andrea Matarazzo, ex-PSDB, anuncia nesta quarta-feira (30), sua filiação ao PSD, de Gilberto Kassab. A troca de partido ocorre onze dias após o empresário e apresentador de TV João Doria Jr. ser confirmado candidato a prefeito pelo PSDB.

+ Marcelo Rezende é afastado temporariamente do 'Cidade Alerta'

+ Uva especial é vendida a "preço de ouro" nos supermercados

Matarazzo acusa o ex-colega de partido de fraudar as prévias, com compra de votos e pagamento de transporte a filiados nos dias de votação. No PSD, a expectativa é que Matarazzo seja lançado candidato por Kassab, entrando numa briga que já envolve o prefeito Fernando Haddad (PT), a senadora Marta Suplicy (PMDB) e o deputado federal Celso Russomanno (PRB), além de Doria.

A relação entre Matarazzo e Kassab é próxima. Durante a gestão Kassab, o ex-tucano ocupou cargos importantes na administração municipal. Foi subprefeito da Sé, secretário de coordenação das subprefeituras e de serviços. A presença do atual ministro das Cidades na cerimônia de filiação é negociada por representantes do partido na tarde desta terça-feira, dia 29.

Em 2012, Matarazzo foi o segundo vereador mais votado da capital. Com 117.617 votos, só perdeu a liderança para Roberto Tripoli, hoje deputado estadual.

Fonte: VEJA SÃO PAULO