publicidade

Exposições

Masp recebe 250 obras de Sigmar Polke

Mostra “Realismo Capitalista e Outras Histórias Ilustradas” reúne produção gráfica do artista alemão

3.nov.2011 | Atualizada em 4.nov.2011 por Jonas Lopes

Dos vários nomes talentosos surgidos na Alemanha desde o fim da II Guerra Mundial, caso de Gerhard Richter, Anselm Kiefer e Georg Baselitz, o mais ácido e sarcástico é Sigmar Polke (1941-2010). Revelado na década de 60, ele agora ganha uma ampla mostra no Masp. “Realismo Capitalista e Outras Histórias Ilustradas” amealha 250 obras gráficas, entre gravuras e colagens com fotos. O título da exposição alude ao provocativo movimento iniciado em 1963 pelo artista em parceria com Richter e Konrad Fischer — a intenção do trio, então baseado em Düsseldorf, era satirizar tanto o realismo socialista, em voga na vizinha Alemanha Oriental e escravo da estética soviética, quanto a pop art americana, voltada ao mercado. “Seria impossível para alguém como ele não se envolver com a herança moral da guerra”, diz o curador do museu, Teixeira Coelho.

+ 9ª Bienal de Arquitetura invade espaços públicos de São Paulo

+ Daniel Senise e Paulo Monteiro exibem novos trabalhos na cidade

Ricos em cores, seus trabalhos fazem uso de imagens preexistentes e de elementos extraídos da cultura popular, a exemplo de televisão, publicidade e futebol. Em comparação a Andy Warhol, que também recorria à apropriação naquele período, Polke se destaca por nunca perder o espírito crítico nem cair na superficialidade ridicularizada nas peças. Nesse sentido, assemelha-se mais a um conterrâneo de Warhol, Robert Rauschenberg. A série "Day by Day" chama a atenção do público brasileiro. Distribuído na Bienal de São Paulo de 1975, na qual o alemão exibiu pinturas e chegou a ser premiado, o conjunto ataca o regime militar. Macacos, índios e mulheres nuas aparecem retratados ali, para explorar com ironia os clichês nacionais “para exportação”.

AVALIAÇÃO ✪✪✪

publicidade

Mais amor por favor
X

Avaliação de VEJA SP

Não foi avaliado

Avaliação de VEJA SP

Péssimo

Avaliação de VEJA SP

Fraco

Avaliação de VEJA SP

Regular

Avaliação de VEJA SP

Bom

Avaliação de VEJA SP

Muito bom

Avaliação de VEJA SP

Excelente

Avaliação dos usuários

Ainda não foi avaliado

Avaliação dos usuários

Péssimo

Avaliação dos usuários

Fraco

Avaliação dos usuários

Regular

Avaliação dos usuários

Bom

Avaliação dos usuários

Muito bom

Avaliação dos usuários

Excelente

Avaliação do usuário

Péssimo

Avaliação do usuário

Fraco

Avaliação do usuário

Regular

Avaliação do usuário

Bom

Avaliação do usuário

Muito bom

Avaliação do usuário

Excelente

Péssimo

Fraco

Regular

Bom

Muito bom

Excelente

Comente

Envie por e-mail