Mistérios da Cidade

Coleção de moda secreta do Masp é exibida pela primeira vez em mostra

Escondidos do público desde 1972, modelos exclusivos de vestidos que redefiniram o mundo fashion ficarão expostos até fevereiro

Por: Maurício Xavier (com reportagem de Julia Flamingo) - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Em meados dos anos 60, a empresa química francesa Rhodia investiu em uma estratégia de marketing para introduzir o fio sintético na moda brasileira — até então, ele era usado apenas em lingeries. A ideia foi convidar renomados artistas brasileiros para desenhar 79 vestidos com padrões inspirados nas diversas vertentes visuais em voga na época.

+ Edifício Copan passa por reforma de 23 milhões de reais

Em seguida, a companhia organizou “desfiles-espetáculo” para apresentar as peças. A iniciativa não só ajudou a mudar os rumos do vestuário por aqui (depois disso, o artigo passou a ser amplamente utilizado na indústria têxtil) como costuma receber o crédito por ter iniciado a profissionalização da carreira de modelo no país.

+ Apartamento de 14 metros quadrados está à venda na cidade

Após os eventos, o acervo acabou doado ao Masp. Trancada nos porões do museu desde 1972, a coleção será exposta pela primeira vez, em uma mostra que ficará aberta até fevereiro de 2016.

Fonte: VEJA SÃO PAULO