Terraço Paulistano

Angolano investe 11,5 milhões de reais em hotel no centro da cidade

Empresário quer inaugurar um hotel-butique no segundo semestre de 2012

Por: João Batista Jr.

Mário Almeida - Terraço Paulistano 2199
Almeida, em frente ao futuro hotel: investimento de 11,5 milhões de reais (Foto: Raul Zito)

Tem passaporte angolano o novo entusiasta do centro de São Paulo. Ex-marido de uma filha do cantor Djavan e proprietário de rede de lavanderias e grife de roupa em seu país natal, Mário Almeida promete reformar um prédio de 2 800 metros quadrados projetado por Ramos de Azevedo. Comprado por 1,5 milhão de reais em 2007, o extinto Hotel Central, na Avenida São João, receberá outros 10 milhões de investimento a partir deste mês. Almeida quer transformá-lo em um hotel-butique. “Terá 44 quartos e um restaurante no topo com vista de tirar o fôlego para o Vale do Anhangabaú”, diz ele, também dono das galerias de arte africana SOSO e SOSO +, ambas na mesma São João. Futuro vizinho da Praça das Artes, o empreendimento deve ser inaugurado no segundo semestre de 2012.

Fonte: VEJA SÃO PAULO