Terraço Paulistano

Marina Abramovic ganhará exposição na cidade

Artista performática desembarca aqui para mostrar uma coleção de fotos e vídeos, dos anos 70 até hoje

Por: João Batista Jr. - Atualizado em

Marina Abramovic - Terraço Paulistano_2190
Marina Abramovic: exposição da superperformer (Foto: Reto Guntli)

Nascida na antiga Iugoslávia e radicada nos Estados Unidos, a artista performática Marina Abramovic ganhará uma exposição na cidade, a partir do dia 18, na Luciana Brito Galeria, na Vila Olímpia. Desembarca aqui para mostrar uma coleção de fotos e vídeos, dos anos 70 até hoje. Marina está em alta no mundo das artes. Entre março e maio, ela fez sua performance mais longa. Ficou sentada em uma cadeira cerca de sete horas por dia, em um total de 706 horas e trinta minutos, no Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA). Houve fila para vê-la fazer nada. Mais sobre ela:

VEJA SÃO PAULO - A performance que durou cerca de três meses lhe rendeu dores no corpo? Marina Abramovic - Não, pois nosso organismo é capaz de fazer tudo o que desejamos. Eu me preparei para permanecer horas sentada, sem comer, beber ou ir ao banheiro. Nesse trabalho, perdi 16 quilos. Adorei.

VEJA SÃO PAULO - Ficou surpresa com o sucesso de público? Marina Abramovic - Mais de 500 000 pessoas me viram, entre elas os cantores Michael Stipe e Björk. O artista plástico brasileiro Tunga, cujo trabalho admiro bastante, também foi me ver. Mas não falei uma palavra com eles.

Fonte: VEJA SÃO PAULO