TELEVISÃO

Mariana Godoy pede demissão da Globo após ter sido afastada

Apresentadora, que estava na bancada do Jornal das Dez, na Globonews, trabalhou por 23 anos na emissora

Por: Veja São Paulo

Mariana Godoy
A apresentadora Mariana Godoy: pedido de demissão após afastamento (Foto: Divulgação)

A apresentadora Mariana Godoy, 45, pediu demissão, na tarde desta sexta-feira (10) da Rede Globo. Ela trabalhou 23 anos casa e, atualmente, apresentava o Jornal das Dez, na Globonews.

Mariana foi afastada da bancada do telejornal na última sexta-feira (3), às vésperas do primeiro turno da eleição, após uma reunião com o diretor-geral de Esportes e Jornalismo, Ali Kamel.

Mariana Godoy é afastada da bancada de telejornal

Segundo pessoas próximas à apresentadora, ela estava se sentindo desprestigiada dentro da emissora por ter que dividir espaço com a também jornalista Renata Lo Prete, ex-Folha de S.Paulo, especializada na cobertura política.

Ela também estaria negociando sua ida para a Rede Record. O contrato de Mariana venceria em fevereiro de 2015. Amigos da apresentadora afirmam que há tempos ela vinha mostrando o desejo de voltar a morar em São Paulo. Antes de migrar para a Globonews, em 2011, Mariana também apresentou o SPTV e o Bom Dia São Paulo.

Mariana Godoy: alvo da maldade alheia

Em e-mail aos colegas de Redação, ela afirmou que tinha chegado ao “limite de tempo para um casamento à distância”. Ali Kamel respondeu a mensagem com elogios à “profissional completa”.

VEJA SÃO PAULO não conseguiu contatar a apresentadora.

Em nota oficial, a Rede Globo afirmou que, após três anos se dividindo na ponte aérea entre Rio e São Paulo, Mariana Godoy pediu para se desligar da emissora para voltar a morar na capital. Durante esses anos, ela se dedicou com brilhantismo à apresentação do Jornal das Dez. A decisão, motivada por questões pessoais, foi respeitada pela direção, que lamenta muito a saída da jornalista.”

Confira as últimas notícias

Fonte: VEJA SÃO PAULO