Famosos

Mariana Belém: "Serei uma grávida gordinha e feliz"

A cantora acaba de entrar no quarto mês de gestação de sua primeira filha

Por: Alvaro Leme - Atualizado em

Mariana Belém
Mariana: filha única de Fafá de Belém, a cantora sonha ter duas ou três crianças (Foto: Gustavo Scatena)

A cantora Mariana Belém sempre foi sorridente como a mãe, Fafá. E tem sido mais ainda nos últimos tempos, devido a uma feliz descoberta: ela está grávida. Mariana e o marido, o administrador de empresas Cristiano Saab, esperam para janeiro o primeiro herdeiro. Ou melhor, herdeira, como conta a seguir.

VEJA SÃO PAULO — Quando descobriu a gravidez? Mariana Belém — Mais ou menos na quarta semana. No último domingo, entrei no quarto mês de gestação. Mas consegui ficar quieta, graças a Deus.

VEJA SÃO PAULO — Por que “graças a Deus”? Mariana Belém — O começo é complicado. Até a décima segunda semana, que é quando a gente faz um exame para saber se está tudo bem, a tensão é grande. Preferi ficar quietinha para preservar o bebê e porque, no fim do ano passado, eu tinha engravidado e perdi.

+ Dicas de moda para grávidas, por Isabella Fiorentino

+ Twitter: as 10 coisas mais irritantes (segundo tuiteiros famosos)

VEJA SÃO PAULO — Chegou a comentar isso com alguém na época? Mariana Belém — Contei apenas para pessoas muito próximas. Foi horrível. Cada mãe e bebê que eu via me faziam sentir como se eu fosse a única mulher no planeta que não conseguia ter filho. Preferi falar disso só agora, que estou grávida de novo.

VEJA SÃO PAULO — Quantos meses tinha quando perdeu? Mariana Belém — Seis semanas.

VEJA SÃO PAULO — Sente muito enjoo? Mariana Belém — Não senti nenhuma vez. Mas tenho dormido mais que nunca.

+ Os 10 fã-clubes mais encrenqueiros da internet

+ Dez lendas urbanas dos anos 80

VEJA SÃO PAULO — Sua barriga já cresceu bastante? Mariana Belém — Nadinha, menino! A primeira coisa que ficou maior, no meu caso, foram os seios. Não preciso nem dizer o motivo, né? Estou mais filha da minha mãe do que nunca. Ela está aqui do meu lado toda feliz porque eu voltei a ter muito peito.

VEJA SÃO PAULO — Em geral, mulheres famosas fazem de tudo para não engordar durante a gravidez. Como encara isso? Mariana Belém — Não pretendo me privar de comer nada. Meus únicos cuidados têm sido hidroginástica e drenagem linfática. Meu corpo é igual ao da minha mãe, que ganhou 25 quilos durante minha gestação. Minha prioridade é o bebê.

VEJA SÃO PAULO — Então nada de se preocupar com balança. Mariana Belém — Meu corpo já vai ter que dar conta de mim e do bebê. Não vou lutar contra meu metabolismo. Se precisar emagrecer, faço isso mais tarde. Vou deixar para a Wanessa [Camargo, também à espera do primeiro filho] o posto de gestante magrinha desta geração. Eu serei uma grávida gordinha e muito feliz. Aliás, imagina se nascerem na mesma maternidade? Vai ser uma bagunça com minha mãe, o Zezé, a Zilu...

VEJA SÃO PAULO — A Fafá é de parar qualquer hospital. Mariana Belém — Você não sabe o que foi quando eu nasci. Ela ficou vinte dias no Einstein, não queria sair da mordomia. Tinha champanhe e tudo. O parto dela foi homérico. Ela gritou todos os palavrões do Brasil. Todo mundo ouviu minha mãe e os impropérios. Nisso eu pretendo ser bem diferente: três dias e volto pra casa.

VEJA SÃO PAULO — Ela tem sido uma avó coruja? Mariana Belém — Está eufórica. A gente tem ido a um monte de lojas comprar enxoval, mas nossos gostos são completamente diferentes. Tudo que é perua e rococó vai para a casa dela. Minha mãe diz que ela é fashion, e eu sou careta.

VEJA SÃO PAULO — Já sabe o sexo do bebê? Mariana Belém — É menina. Vai se chamar Laura. A previsão de nascimento é para a primeira semana de janeiro.

VEJA SÃO PAULO — Você é a única filha da Fafá. Pensa em ter quantos? Mariana Belém — Só sei que não quero uma só. Dois está bom, mas três seria ótimo. É bom aprender desde cedo a dividir tudo.

Fonte: VEJA SÃO PAULO