Gente

“Voltar aos palcos é a gasolina total de viver”, diz ex-LS Jack

O vocalista Marcus Menna sofreu uma parada cardiorrespiratória em 2004; hoje, aos 39 anos, tem projeto voltado para bandas independentes

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

ls jack
Ex- LS Jack Marcus Menna, de 39 anos, trabalha com bandas independentes (Foto: Reprodução / Facebook)

Em 2004, o cantor brasiliense Marcus Menna, da banda LS Jack, sofreu uma parada cardiorrespiratória durante uma lipoaspiração. Ele tinha 27 anos e ficou durante vinte minutos sem respirar no procedimento, o que resultou em dois meses em coma em um hospital do Rio de Janeiro.

Conhecido pelos hits Carla e Uma Carta, o artista teve os anos seguintes de idas e e vindas a médicos para cuidar de sua saúde. Ficou afastado da música por cinco anos. 

marcus menna ls jack
LS Jack: no auge da carreira (Foto: Reprodução)

+ Por onde anda a atriz que interpretou Paty, do programa Chaves?

Em 2010, chegou a voltar ao LS Jack, mas, no final de 2014, os integrantes preferiram terminar de vez com a banda. “O mercado não estava num momento muito bom e resolvemos dar essa nova parada para cada um poder correr atrás do pão de cada dia”, lembra o vocalista.

Em 2015, começou com o projeto Viver de Novo, cujo objetivo é levar a sua experiência a outras pessoas. Ele canta com bandas independentes, em começo de carreira. 

ls jack
Marcus Menna e os outros integrantes do LS Jack (Foto: Acervo pessoal)

“É uma troca de experiências”, disse sua mulher e empresária, Flávia Silveira. “O Marcus é deficiente cognitivo e está se restabelecendo, esse trabalho ajuda também na sua evolução.”

“Eu faço sempre uma reunião com os músicos, converso e decidimos um repertório juntos”, contou Menna. Desde o começo do projeto, se apresentou com pelo menos nove bandas de diferentes estados. “Voltar aos palcos é a gasolina total de viver, eu preciso disso.”

marcus menna
Ex-LS Jack Marcus Menna, de 39 anos, trabalha com bandas independentes (Foto: Reprodução / Instagram)

 + Por onde andam os VJs da MTV Brasil?

Menna continua em tratamento médico. Faz terapia três vezes por semana para desenvolver melhor a sua fala, movimentos e raciocínio. Também é acompanhado por educadores físicos e fonoaudiólogos.

 

+ Entrevista com a ex-namorada de Dinho, do Mamonas

Aos poucos, recupera a vontade de tocar violão. “Estou cheio de instrumentos em casa, agora consigo pegá-lo e tirar um som”, afirma. “Não era questão de querer, aquele fogo intenso apagou depois da minha operação e, de certa forma, ele está se reacendendo.”

Menna vê o que aconteceu como “vontade do nosso Senhor”. “Ele me colocou novamente no meu caminho, para agora chutar mais uma vez e acertar o gol.”

Fonte: VEJA SÃO PAULO