Humor

4. Marcelo Adnet, Marco Luque e Danilo Gentili são jovens talentos no palco

Divirta-se com 'Comédia ao vivo', 'Danilo Gentili — Volume 1' e Tamo Junto!

Por: Dirceu Alves Jr. e Giovana Romani - Atualizado em

Marcelo Adnet_2156
Adnet: revelação do humor na TV e no teatro (Foto: Mario Rodrigues)

O carioca Marcelo Adnet, de 28 anos, chegou de mansinho. Há dois anos, foi divulgar um filme na MTV e acabou ganhando um programa na emissora. No 15 Minutos, ele dispara suas opiniões em tom de bate-papo, vestindo camiseta e bermudão. “Falo sobre coisas do meu interesse”, diz. Entre os assuntos, música, política e línguas estrangeiras. Hoje, ele é a maior estrela do canal, que apoia no núcleo cômico a sua atual programação. Não lhe faltam propostas para deixar a MTV. “Mas aqui tenho liberdade para imprimir minhas ideias”, conta Adnet — seus colegas Marcos Mion, João Gordo e os atores de Hermes e Renato debandaram para a Record. Se na TV o ator se sente livre, é no teatro que fica mesmo sem papas na língua. Ele faz parte do grupo Comédia ao Vivo e reveza- se com outros humoristas (entre os quais sua namorada, a engraçadíssima Dani Calabresa) nos números de stand-up comedy. O gênero do contador de piadas no banquinho, sozinho diante do público, arrebatou os paulistanos. Integrante do programa CQC, da Band, Marco Luque levou 50 000 espectadores ao seu primeiro solo, o Tamo Junto!, que estreou na capital em junho passado. “Os assuntos engraçados são triviais: cachorro, cinema, dedinho do pé”, enumera Luque. O humorista Danilo Gentili segue a mesma linha. “O segredo é provocar a identificação da plateia”, admite. “Quando a pessoa ri de mim, tenho certeza de que está rindo dela também.”

Fonte: VEJA SÃO PAULO