Protesto

Manifestantes interditam a Avenida Faria Lima

Grupo pretende seguir até o gabinete da presidência na Avenida Paulista 

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

Manifestação MTST MST USP e Metroviários
A concentração aconteceu no Largo da Batata (Foto: Taba Benedito/Futura Press/Folhapress)

Manifestação formada por integrantes do Sindicato dos Trabalhadores da USP, Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e Sindicato dos Metroviários interdita a Avenida Brigadeiro Faria Lima, sentido Avenida Rebouças, nesta quinta-feira (3). A Companhia de Engenharia de Tráfego informou que o grupo segue para a Avenida Paulista.

+ Fiuk se envolve em acidente de carro em Barueri

A CET recomenda que os motoristas evitem a região. De acordo com a Polícia Militar, aproximadamente 500 pessoas participam do ato, que segue pacífico. A concentração do grupo começou no Largo da Batata.

Os integrantes da passeata pretendem seguir até o gabinete da presidência na Avenida Paulista. Lá, eles vão entregar uma pauta unificada de reivindicações.

Fonte: VEJA SÃO PAULO