POLÍTICA

Manifestantes anti-Dilma estão acampados na Paulista há 15 dias

Barracas foram montadas em frente ao prédio da Fiesp

Por: Veja São Paulo

Acampamento Paulista
Acampamento em frente ao prédio da Fiesp, na Paulista (Foto: J. Duran Machfee/Futura Press/Folhapress)

Manifestantes pró-impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) estão acampados na Avenida Paulista desde o último dia 17. Quarenta e sete barracas estão montadas em frente ao prédio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).  

Entre os acampados, há pessoas que deixaram o emprego para acompanhar o grupo. “O povo precisa vir pra rua, mostrar um pouco de patriotismo. Se a gente tivesse pelo menos 50% do patriotismo que os americanos têm, isso aqui estaria lotado”, afirmou Tiago Martins Tavares, de 28 anos, que deixou a área de marketing de uma empresa de automóveis. 

Os manifestantes afirmam que só deixaram o espaço, na altura do número 1313 da Avenida Paulista, quando Dilma deixar a Presidência. “Enquanto não vir a Dilma fora, não vou sair daqui”, afirmou a atleta Ana Luiza dos Anjos Garcez.

+ Confira as últimas notícias da cidade

Outros querem também a cabeça de Lula, outros, do PT inteiro. “Aqui temos intervencionistas, ‘impeachmistas’, gente que espera uma invasão alienígena, qualquer coisa, mas todos estão pelo final do PT”, explicou Lauro Shida, um dos ativistas.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO