Volta para casa

Mais de 620 mil carros já subiram a serra, que teve até arrastão

Assalto foi registrado na cidade de São Vicente e registrado por um cinegrafista

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

assalto
Assaltante tenta arrancar vítima de dentro de carro (Foto: Reprodução G1/Toninho Pinheiro)

Até as 17h deste domingo (4), mais de 620 000 veículos já haviam retornado à capital paulista depois do feriado de Ano-Novo. Mesmo assim, o tráfego ainda era lento na subida da serra, com focos de congestionamento nos tradicionais pontos de estrangulamento, como na saída da rodovia Padre Manoel da Nóbrega, entre os km 292 e 289, e em alguns trechos da Imigrantes. Na descida pela Anchieta, foram observados pontos de lentidão entre os quilômetros 46 e 50, por conta da quebra de uma carreta, que acabou obstruindo o tráfego no final da tarde.

+ Após 15 horas, vítima é resgatada de cachoeira na Grande São Paulo

De acordo com a Ecovias, empresa que administra o SAI (Sistema Anchieta-Imigrantes), desde o dia 29 de dezembro, quando foi desencadeada a Operação Descida para o Réveillon, 541.900 carros desceram a serra. Muitos dos motoristas foram para a região antes do Natal, permanecendo nas praias até a passagem do ano, o que resultou em intenso movimento nas estradas agora, com o término do feriado.

+ Morre o filho mais velho de Zeca Pagodinho

Desde sábado (3), a movimentação de veículos vinha se intensificando nas estradas que dão acesso ao SAI. Com a mudança do tempo, com dias nublados e chuvas esparsas desde o período da manhã, muitos motoristas resolveram empreender viagem logo cedo, a fim de evitar eventuais percalços.

Arrastão

Imagens de TV mostraram o abuso dos marginais, que provocaram um arrastão na rodovia dos Imigrantes, nas proximidades da ponte do Mar Pequeno, no trecho localizado no município de São Vicente. Os criminosos aproveitaram o congestionamento para assaltar os motoristas.

Um deles, armado com um revólver, anunciou o assalto a um casal de turistas de Rio Claro, interior de São Paulo, enquanto o outro bandido tentava retirar a mulher do banco do passageiro. Por sorte, o semáforo abriu e o carro pode empreender velocidade, livrando-se dos marginais.

O Copom (Centro de Operações da Polícia Militar) confirmou a ocorrência. Em razão dos vários chamados que recebeu pelo telefone 190, encaminhou policiais que chegaram rapidamente ao local pilotando motocicletas pela contramão do acostamento.

Litoral Norte

Turistas enfrentam, na tarde deste domingo, lentidão nas estradas que ligam o planalto ao litoral norte de São Paulo, na volta do feriado prolongado do Réveillon. Na rodovia dos Tamoios (SP-99), que liga Caraguatatuba a São José dos Campos, o tráfego é intenso e no trecho de serra há diversos pontos de lentidão, onde o motorista não consegue trafegar a mais de 10 km/h. A viagem entre as duas cidades, feita normalmente em uma hora, está levando em média quatro horas.

Tráfego intenso também na rodovia Rio-Santos (SP-55). Há mais de 20 km de lentidão entre Ubatuba e Caraguatatuba e a viagem está levando cinco horas, ante uma hora percorrida normalmente.

No trajeto entre São Sebastião e Caraguatatuba são oito quilômetros. Na Oswaldo Cruz, entre Ubatuba a Taubaté, o excesso de veículos faz com que o fluxo fique praticamente parado no trecho de serra.

(Com Estadão Conteúdo)

Fonte: VEJA SÃO PAULO