Prainha Branca

Mãe e filho morrem afogados em acidente com lancha no Guarujá

Embarcação com nove pessoas de Suzano foi atingida por uma onda; as duas vítimas foram levadas para o hospital, mas não resistiram

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

Por volta das 10h25 da manhã desta sexta (2), uma mãe e o filho de três anos morreram afogados depois de cairem de uma lancha na Prainha Branca, na divisa entre Guarujá e Bertioga. Segundo o corpo do bombeiros, outras sete pessoas, incluindo o pai da criança, estavam na embarcação que foi atingida por uma forte onda quando se preparava para aportar, a cerca de 100 metros da areia.

+ Casal acusado de pichar pedra em praia no Guarujá é pintado

De acordo com informações do Salvamento Aquático, o grupo se preparava para deixar a lancha de sete metros de comprimento, quando foram surpreendidos pela onda. Os nove passageiros estavam utilizando colete salva-vidas e foram arremessados para o mar. Nesse momento, a mãe de 35 anos e o menino de 3 anos ficaram embaixo do barco e não encontraram espaço para respirar.

As sete vítimas foram socorridas por banhistas e surfistas que estavam na praia e passam bem. Mãe e filho tiveram de ser resgatados após a chegada dos bombeiros e foram encaminhados ao Pronto Socorro do Hospital Municipal de Bertioga, mas não resistiram. Segundo o corpo de bombeiros, o grupo veio da região de Suzano, na Grande São Paulo.

O tenente Góes do Agrupamento de Bombeiros Marítimo, responsável pela operação, disse que o local não é adequado para realizar desembarques, pois fica em uma área de arrebentação das ondas. Em nota, a Capitania dos Portos do Estado de São Paulo disse que fará um inquérito e deve concluir o caso em até 90 dias.

Fonte: VEJA SÃO PAULO