Cidade

Mãe de adolescente detida nos EUA disse que filha passou fome e frio

Anna Stephanie Radeck, de 16 anos, foi barrada pela imigração ao desembarcar em Orlando no dia 10

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

whatsapp-image-2016-08-25-at-14-37-01
A estudante Anna Stephanie Radeck: barrada pela imigração ao desembarcar em Orlando (Foto: Reprodução/Facebook)

A mãe da adolescente Anna Stephanie Radeck, de 16 anos, que ficou vinte dias detida em um abrigo nos Estados Unidos após ser barrada na imigração, disse que a filha passou fome, frio e foi coagida a mentir sobre a real forma como era tratada pelas autoridades americanas. "Ela contou dos maus tratos e da falta comida, que não era suficiente. Eles a ameaçavam a todo momento ", disse Liliane Carvalho ao jornal Bom Dia Brasil, da TV Globo. A adolescente embarcou num voo de volta ao Brasil acompanhada da mãe nesta quinta (1º).

Ela disse também que o consulado escondeu a real situação pela qual a filha passava. "Eles me diziam que ela estava superbem. Eu queria falar para eles colocarem um filho deles lá para fazer o teste e ver se vai ser bem tratado."

Na entrevista, Liliane disse que a família não pretende ir novamente aos Estados Unidos. "Estou muito indignada e muito triste com tudo isso que aconteceu." 

Fonte: VEJA SÃO PAULO