Música

No palco, Lulina e Bruno Morais lançam projeto “Lado A Lado B”

O site, no ar a partir do dia 26, promete reunir poucas e boas canções inéditas de artistas independentes

Por: Tiago Faria - Atualizado em

Lulina e Bruno Morais
A pernambucana Lulina e o paranaense Bruno Morais: espírito de experimentação move novo projeto (Foto: Eugênio Vieira)

Para criar um novo site de música, os produtores Missionário José e André Édipo escolheram um caminho incomum: foram buscar inspiração no passado da indústria de discos. O formato dos antigos compactos, pequenos álbuns com apenas duas faixas, define o conceito quase minimalista do projeto Lado A Lado B. A ideia da dupla é lançar na internet, a cada edição, duas - e apenas duas – músicas inéditas de artistas independentes.

+ Confira os shows da semana

O primeiro “volume”, contudo, permite uma exceção: o público terá acesso a novas canções de dois compositores, com duas faixas cada um. A pernambucana Lulina e o paranaense Bruno Morais, amigos e também parceiros musicais, foram os escolhidos. No dia 26, para marcar o início do site, eles fazem show no Centro Cultural Rio Verde, às 21h, com ingressos a 5 reais.

+ Marisa Monte prorroga temporada no HSBC Brasil

+ Alanis Morissette e Norah Jones anunciam shows na cidade

José e Édipo, integrantes da banda que vai acompanhar Lulina e Bruno no palco, planejam o site há quatro anos. Na época, quando abriram o selo Jardel Music, eles pensavam em formas de tornar mais ágil o lançamento de canções, sem os custos altos da produção de um CD. “O artista hoje não pode se fixar num só formato, num único canal de divulgação do trabalho. O nosso tempo chama muito à experimentação”, observa José.

Aprovado em 2010 em edital da Petrobras, o “Lado A Lado B” tentará resolver essa dificuldade: com acesso grátis às músicas, o público será estimulado a fazer remixes e compartilhar os arquivos de mp3 na rede. “O site é simples. Não tem chat, não tem mil coisas para fazer lá. Só queremos que as pessoas parem por quatro ou cinco minutos para ouvir música”, explica o produtor. Ainda não há nomes definidos para as próximas edições.

A convite da dupla, Lulina gravou as faixas “Cargas d’Água” e “Paisagem de Higgs”, de própria autoria, enquanto Buno Morais registrou “O Mundo Vai Me Convencer” (de Lulina e Rômulo Fróes) e “Ela Não Sabe Calar” (dele e de Fróes). No show, elas juntam-se a outras músicas do repertório dos artistas. “O legal desse projeto é que ele é uma grande experiência. Será que as pessoas vão se interessar por ouvir música desse jeito? Essa é uma das questões que a gente propõe”, provoca José.

Abaixo, ouça um trecho de “O Mundo Vai Me Convencer”:

Fonte: VEJA SÃO PAULO