Gente

Luciano Huck publica foto em feira de São Paulo

Após sofrer acidente aéreo em maio, apresentador vai até o Pacaembu para comer pastel e diz: “Dando valor às pequenas coisas”

Por: Veja São Paulo

Luciano Huck
Luciano Huck: apresentador sofreu um acidente aéreo em maio (Foto: Divulgação Globo/ Paulo Belote)

Após sofrer um acidente aéreo com a família em maio, Luciano Huck demonstra estar aproveitando ainda mais determinadas situações do cotidiano. Neste sábado (20), o apresentador foi até a feira do Pacaembu para comer pastel.

+ Luciano Huck: "Foi um milagre, renascemos"

Luciano Huck publicou uma imagem no Instagram para registrar o momento. “Adoro pastel. Dando valor às pequenas coisas”, escreveu na legenda da imagem. “Muito feliz por ter ver bem”, “as pequenas coisas são insubstituíveis” e “viva a nova vida” foram alguns dos comentários registrados pelos internautas.

Luciano Huck
Luciano Huck: “Dando valor às pequenas coisas” (Foto: Reprodução Instagram)

Acidente

Na manhã do dia 24 de maio, Huck, Angélica, os três filhos (Joaquim, Benício e Eva) e as duas babás (Marcileia Eunice Garcia e Francisca Clarice Canelo Mesquita) sobrevoavam Campo Grande (MS) quando um dos motores do bimotor em que estavam falhou e o piloto aterrissou de barriga em uma fazenda na região.

+ “Nunca estive tão feliz”, diz Luciano Huck

Segundo o boletim médico, Huck apresentou uma "pequena fratura do corpo da décima primeira vértebra torácica, sem consequências neurológicas". Já Angélica teve "discreta lesão na musculatura da parede abdominal e pélvica, além de um estiramento muscular da cervical".

Os filhos Benício, Joaquim e Eva receberam alta do Albert Einstein ainda na madrugada do dia 25, assim como as duas babás que acompanhavam a família na viagem. Já Huck e Angélica deixaram o hospital à noite.

+ Luciano Huck e Angélica relatam os momentos de pânico

O apresentador voltou a gravar o programa Caldeirão do Huck no dia 2 deste mês, Para comemorar o retorno, ele publicou no Instagram uma montagem com diversas fotos do estúdio.

Fonte: VEJA SÃO PAULO