Mistérios da Cidade

Depois dos food trucks, lojas de roupas sobre rodas ganham as ruas

Camiestas, saias, casacos e acessórios ficam expostos em furgões; preços variam entre 35 reais e 180 reais

Por: Mauricio Xavier [Colaborou Sophia Braun] - Atualizado em

Quase Nada Fútil - fashion truck
Quase Nada Fútil: Kombi de 1975 deu lugar a loja descolada (Foto: Max Velon)

Desde novembro, a estilista Camila Machado circula com uma loja itinerante de roupas, a Achado Trailer, em um furgão pela capital. Cerca de quarenta peças femininas de produção própria distribuem-se por araras no espaço de 15 metros quadrados. “Tem até provador e banheiro”, conta Camila.

+ Blogueira Lia Camargo mostra outlet da Forever 21

Como os custos de manutenção são baixos, é possível manter preços sedutores, entre 35 reais (acessórios) e 180 reais (jaqueta). Outras marcas independentes estão apostando no comércio sobre rodas, que se popularizou com os food trucks. A empresária Larissa Montilha investiu 70 000 reais na compra e reforma de uma Kombi 1975 paramontar o Quase Nada Fútil, com saias e blusas vendidas por até 120 reais.

+ Site de listas de casamento dá desconto em lojas badaladas

O veículo já esteve em Ilhabela e no Rio de Janeiro e participou da última Virada Cultural, há duas semanas. Para tentar alavancar as vendas, Rodrigo Carvalho, do Camisetas Jovens Ainda, estaciona próximo a centros comerciais ou estações de trem no Brooklin e na Vila Olímpia, onde oferece modelos de algodão estampados com sátiras por 35 reais.

Fonte: VEJA SÃO PAULO