Política

Com plateia inflamada, Lobão canta 'Dilma bandida' em show

Cantor se apresentou na noite de sábado (11) e mudou versão de música para atacar a presidente

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Lobão apresenta “Elétrico”, recheado de sucessos da carreira
Lobão: xingamentos à presidente e discurso contra o PT (Foto: Veja São Paulo)

O cantor Lobão resolveu, de novo, atacar a presidente Dilma Rousseff (PT), como vem fazendo nos últimos meses, desde que se tornou uma voz de oposição. Dessa vez, a crítica veio em forma de música e xingamento. Mudou uma de suas canções mais famosas, Vida Bandida, lançada em 1987, por "Dilma bandida" em um show realizado neste sábado (11) em São Paulo. 

O público do show, à espera de um posicionamento do cantor, gritava "Dilma!" e "Lula!" repetidamente. Lobão riu e cantou uma música do disco novo (com previsão de lançamento ainda para este ano) na qual diz que "evita os rebanhos e os donos do poder". "Uma das coisas mais bunda-mole que conheço é a vitimização, a bovinização das pessoas", explicou. 

+ Lobão e a briga com Tony Belotto

Em seguida, disparou o refrão "Dilma! Dilma, Dilma, Dilma bandida!", cantado em coro pelos presentes. Disse ainda que o "PT é uma das coisas mais cafonas", mas confessou ter ajudado o partido a entrar no poder. Lobão votava no Partido dos Trabalhadores - existe até um vídeo no YouTube em que ele, no programa do Faustão, pede voto para o então candidato Lula em 1989.

"Falam que eu estou mudado. Mudado é o c..! Quem se mostrou vagabundo, ladrão e decepcionou toda a população foi o PT, então melhor prestar atenção no que estão falando. O PT é um engano, um engodo, uma mentira", vociferou, e um "boa, Lobão" ecoou das cadeiras do Teatro Bradesco, em um shopping na Zona Oeste da capital.

Fonte: VEJA SÃO PAULO