Política

Lobão abandona passeata contra Dilma e se explica no Twitter

O cantor afirmou ser contra a intervenção militar, ideia defendida por alguns dos participantes do protesto

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Lobão - Avenida Paulista
O cantor Lobão durante ato na Paulista no começo do mês (Foto: Mariana Topfstedt/Sigmapress/Folhapress)

Conhecido opositor do governo atual, o cantor Lobão chegou a ir à passeata de hoje, sábado (15), que tomou a Avenida Paulista, mas acabou dando meia volta e retornando a sua casa. Apesar do foco principal do protesto ter sido o impeachment da presidente Dilma, algumas pessoas defendiam ideias como a intervenção militar, algo com o qual o artista não concorda.

A atitude supreendeu, já que Lobão se mostrou uma das figuras centrais de uma passeata similar que ocorreu no começo do mês também na Paulista. Antes das eleições, afirmou que sairia do país se Dilma fosse reeleita, mas depois desistiu da polêmica medida.

+ Manifestação teve gritos de "fora PT" e "viva PM". Veja fotos

No Twitter, ele explicou a decisão:

Twitter Lobão
(Foto: Reprodução)
lobao2
(Foto: Reprodução)
lobao3
(Foto: Reprodução)
lobao4
(Foto: Reprodução)

+ Eduardo Bolsonaro aparece armado em manifestação na Paulista

Algumas horas depois, após muita estardalhaço por parte de seus seguidores, ele postou um vídeo dizendo que tinha realmente escrito tudo aquilo (ou seja, ninguém invadira sua conta na rede social) e que foi avisado sobre o esfriamento dos ânimos em relação à intervenção militar no evento. Por isso, voltaria ao movimento em seu ponto final, a Praça da Sé. Depois, chegou a discursar em uma carro de som. Confira o vídeo:

Fonte: VEJA SÃO PAULO