Memória Paulistana

Livro reúne obras de Antonio Ferrigno e outros 17 artistas

Por: Edison Veiga [Juliana de Faria] - Atualizado em

Durante os doze anos em que viveu em São Paulo – ele chegou aqui em 1893 –, o pintor italiano Antonio Ferrigno (1863-1940) dedicou-se a retratar cenas da ainda bucólica cidade, como as lavadeiras no Rio Tamanduateí. "Os estudantes de direito do Largo São Francisco não davam sossego a essas mulheres", conta o historiador e arquiteto Benedito Lima de Toledo. "Ficavam à espreita esperando que elas levantassem a saia para entrar no rio." O óleo sobre tela reproduzido ao lado é uma das 44 obras, de dezoito artistas, que aparecem no livro Arte Brasileira dos Séculos XIX e XX – Coleção Bovespa, editado pela Pinakotheke e lançado nesta semana.

Fonte: VEJA SÃO PAULO