Memória Paulistana

Livro conta a história do craque Arthur Friedenreich

Um dos atrativos da publicação serão os textos produzidos pelo próprio jogador

Por: Mauricio Xavier [Com reportagem de Flora Monteiro, Jéssika Torrezan e Pedro Henrique Araújo]

Livro Arthur Friedenreich Memória Paulistana 2280
Autobiografia de Arthur Friedenreich (centro) terá textos inéditos do jogador (Foto: Divulgação)

Paulistano nascido no bairro da Luz há 120 anos, Arthur Friedenreich era mulato de olhos verdes. Filho de alemão e neto de escravos, vestiu a camisa de Germânia, Paulistano e pelo menos outros dez clubes, marcando mais de 500 gols, segundo estatísticas não oficiais.

+ André Buffo: volta ao mundo com futebol virtual

Recentemente, o editor Cesar Oliveira achou 135 páginas de textos produzidos pelo craque. Eles seriam utilizados numa autobiografia, nunca publicada. O material, que estava perdido, será o principal atrativo de um livro de Oliveira com lançamento previsto para dezembro.

+ Mascotes: a fantasia do futebol

Seu título, “Friedenreich (El Tigre): Autobiografia”, faz lembrança ao apelido do esportista. Em um trecho, ele revela qual foi seu principal ídolo: o alemão Hermann Friese, destaque do Germânia em 1905 e, posteriormente, treinador do time. Friedenreich pendurou as chuteiras em 1935, no Flamengo, e morreu em 1969, aos 77 anos de idade.

Fonte: VEJA SÃO PAULO