Consumo

Livraria Cultura fecha duas de suas quatro lojas no Conjunto Nacional

A marca passa por uma reestruturação no endereço da Avenida Paulista; o espaço principal segue funcionando normalmente

Por: Carolina Giovanelli - Atualizado em

Livraria Cultura Conjunto Nacional
A livraria de artes e design: fechada desde o último dia 9 (Foto: Carolina Giovanelli)

A Livraria Cultura acaba de fechar mais uma de suas quatro unidades no Conjunto Nacional, na Avenida Paulista. O espaço dedicado à arte e ao design de 400 metros quadrados baixou as portas no último dia 9. Todo o acervo de 7 900 itens nacionais e 9 200 produtos importados, sem redução, acabou absorvido pela loja principal. Foi parar no último andar, onde ficava a seção de CDs, redistribuída para o segundo andar. 

+ Por dentro do burger joint de São Paulo

Livraria Cultura Conjunto Nacional
O novo espaço para livros de arte e design: obras realocadas para a loja principal (Foto: Carolina Giovanelli)

Trata-se do segundo ponto fechado pela rede no Conjunto Nacional neste ano. Em janeiro, o ambiente que abrigava a coleção da Companhia das Letras parou de funcionar (a coleção da editora também foi absorvida pela loja principal).

Em 2 de março, mudou-se para lá a Geek.Etc.Br, marca em ascensão da livraria dedicada a produtos da área nerd. As revistas de histórias em quadrinhos, games e figuras de ação ganharam assim o dobro de espaço. O antigo espaço da Geek ficou então vazio, assim como o ponto focado em artes e design. A loja principal segue funcionando normalmente.

+ Testamos o novo ônibus turístico de dois andares

A crise econômica anda afetando negócios de diversas áreas, incluindo aí a Livraria Cultura, mas a empresa não desistiu dos pontos fechados na Avenida Paulista e pesquisa novos meios de lucrar ali. "Estamos buscando parcerias diferentes", afirma o proprietário Pedro Herz, que segue pagando o aluguel e afirma ter realocado a maior parte dos funcionários dos imóveis fechados.

Geek Livraria Cultura
Geek.Etc.Br mudou-se para o espaço da Cia. das Letras: seu antigo ponto está vazio (Foto: Divulgação)

Fonte: VEJA SÃO PAULO