Restaurantes

Casal de jovens chefs renova cardápio do moderno Clos de Tapas

Ligia Karazawa e Raúl Jiménez valorizam ingredientes brasileiros na composição do menu espanhol

Por: Arnaldo Lorençato e Helena Galante

Clos de Tapas - 2218
Leitão com caqui na cachaça e alho negro: uma das criações de Ligia Karazawa e Raúl Jiménez (Foto: Mario Rodrigues)

Apresentar um panorama da culinária espanhola contemporânea é a proposta do Clos de Tapas. O endereço foi aberto em janeiro por Marcelo Fernandes, dono do Kinoshita, japonês refinado quase vizinho na Vila Nova Conceição, e da Mercearia do Francês. Para montar o cardápio, o restaurateur convidou o casal Ligia Karazawa e Raúl Jiménez, ela paulistana e ele madrileno. A dupla, pela primeira vez no comando da cozinha de uma casa em São Paulo, se conheceu no estrelado Mugaritz, em Rentería, na Espanha.

Ligia Karazawa e Raúl Jiménez - Clos de Tapas - 2218
Ligia Karazawa e Raúl Jiménez: pela primeira vez no comando da cozinha de uma casa em São Paulo (Foto: Gladstone Campos)

O menu, renovado há quinze dias, valoriza ingredientes brasileiros e reúne apenas tapas (pratos de tamanho reduzido). Cremoso e na forma de uma cenoura, o foie gras (R$ 23,00) foi provado duas vezes: em 27 de janeiro e no último dia 8. Estava melhor na primeira visita, quando expressava de forma mais evidente o sabor do fígado gordo de pato. Mas os acertos são constantes nas novas sugestões. Entre elas, uma versão das batatas-bravas feita de cubos de mandioca sobre aïoli (maionese de alho) na companhia de molho suave de pimenta (R$ 14,00).

Pirarucu grelhado - Clos de Tapas - 2218
Pirarucu grelhado: servido sobre caldo de galinha ao lado de emulsão de alga wakame e mix de cogumelos (Foto: Mario Rodrigues)

Em pequenas porções individuais, há pedidas como o leitão de leite com pele crocante e carne macia mais caqui na cachaça e alho negro (R$ 34,00). Igualmente saboroso, o pirarucu grelhado vem sobre caldo de galinha ao lado de emulsão de alga wakame e mix de cogumelos (R$ 23,00). O arroz de pato chega úmido e com pérolas de beterraba (R$ 27,00).

Mandioca-brava - Clos de Tapas - 2218
Versão de batatas-bravas: cubos de mandioca sobre aïoli na companhia de molho suave de pimenta (Foto: Mario Rodrigues)

As sobremesas empolgam menos. Prefira o doce intitulado a rolha e o vinho, um bolinho com sorvete de passas e geleia de Porto (R$ 16,00). Consta na carta de vinhos o tinto espanhol Dehesa Gago Toro 2009 (R$ 103,00).

COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | SERVIÇO ✪✪✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO